Visitar o ALQUEVA: a ALBUFEIRA Mágica do Alentejo! (2021)

A região do Alqueva é uma PÉROLA ESQUECIDA ou, no mínimo, uma pérola pouco lembrada! Um lago artificial com 250 km2 criado há mais de 20 anos e um dos maiores de todo o continente europeu. Uma mudança na paisagem que criou aldeias ribeirinhas, uma enorme biodiversidade, praias fluviais e múltiplas atividades náuticas. Uma opção perfeita para um fim de semana prolongado!

ALQUEVA

As sugestões que vai encontrar neste artigo não esgotam tudo aquilo que há de interessante na região do Alqueva. Mas porque o tempo é um bem limitado e escasso, escolhemos as atrações que nos parecem mais interessantes.

Uma região para visitar de carro para poder apreciar as belas paisagens que ligam as localidades que abraçam o grande lago do Alqueva e para poder circular facilmente e rapidamente entre as diferentes atrações da área!

Uma atração turística perfeita para aqueles que gostam de apreciar paisagens tipicamente alentejanas tendo como pano de fundo a albufeira mágica. Visite a região com tempo e com calma, ou não estivesse no Alentejo!

região do Alqueva

ONDE FICA O ALQUEVA?

A região do Alqueva fica localizada no interior do alto Alentejo inserida no rio Guadiana. Se partir de Lisboa vai precisar de 2h06 para chegar ao Alqueva (uma distância de 189 quilómetros). Se partir do Porto prepare-se para uma viagem de 4h36 e uma distância de 423 quilómetros. Um pequeno esforço para uma grande recompensa!

QUANDO VISITAR O ALQUEVA?

Se puder vá na primavera! As temperaturas convidam a um passeio, os campos estão verdes, as flores desabrocham e tudo se torna ainda mais bonito.  

Outra opção para a sua visita é a estação do Outono. Uma paisagem menos exuberante e mais melancólica mas igualmente bonita.

O verão no interior do Alentejo é quente. Corrijo, o verão é muito quente no interior do Alentejo e não convida a passeios pedestres (a menos que os faça muito cedo ou muito tarde). Por outro lado, as altas temperaturas convidam a um mergulho nas muitas praias fluviais da região. Uma opção a considerar!

O Inverno no Alentejo é duro. Os dias nem tanto. Mas assim que o sol se põe o frio aperta intensamente. Falo por experiência própria (tenho uma pequena casa perto do Cercal do Alentejo). Na nossa opinião, os meses de dezembro, janeiro e fevereiro não são as melhores opções para conhecer o Alqueva.

O QUE VISITAR NO ALQUEVA?

A região do Alqueva é tão rica em locais de interesse que sugerimos 3 dias para poder visitar o que de melhor há para ver. O mapa que se segue apresenta todas as atrações da região para que fique com uma imagem global da sua localização.

ROTEIROS PARA VISITAR AS DIFERENTES ATRAÇÕES DO ALQUEVA

Como já referimos, o Alqueva tem 250 quilómetros quadrados. É uma extensão muito grande. É importante organizar a sequência dos seus passeios para que possa otimizar o seu tempo e os quilómetros que vai fazer.

Seguem-se 3 roteiros para 3 dias diferentes. As nossas sugestões estão relacionadas com a localização das diferentes atrações. O mapa ACIMA contempla TODAS as (principais) atrações da região. Os mapas ABAIXO contemplam as atrações por dias de passeio (a que chamámos roteiros). Esperamos que as nossas dicas possam facilitar o planeamento da sua visita ao Alqueva!

ROTEIRO 1 – PRIMEIRO DIA NO ALQUEVA

Aqui fica o mapa referente ao seu primeiro dia de passeio.

VILA DE PORTEL

Uma vila lindíssima da região do Alqueva. Não deixe de visitar o seu castelo (um dos mais bonitos da região), a sua igreja matriz (não deixe de visitar o interior da igreja) e os Paços do concelho. O seu centro histórico com as suas ruas e ruelas é também ideal para um bom passeio depois do almoço.

vila de portel
VILA DE PORTEL

MOURA

Vá a Moura e deambule pelas suas belíssimas ruas empedradas. Para aqueles que, como eu, adoram andar sem destino, as ruas desta pequena vila serão um verdadeiro prazer. Pode completar a sua visita a Moura visitando o centro histórico, as suas três igrejas e o castelo. Se tiver um interesse particular na produção do azeite, então vá ao museu do azeite e aprenda tudo sobre esta arte.

ruas de moura alqueva
MOURA

BARRAGEM DO ALQUEVA

Obviamente que não pode deixar de visitar a barragem do Alqueva. Ela é a “mãe” de toda a diversidade e riqueza da região e também por isso merece a sua visita. Acresce ainda o facto da barragem conceder aos seus visitantes uma vista absolutamente magnífica sobre a região.

barragem do Alqueva
BARRAGEM DO ALQUEVA

PÔR DO SOL NO ALQUEVA

Vá até uma praia fluvial da região e veja o pôr de sol! Às vezes uma imagem vale mais do que mil palavras…

pôr do sol do alqueva

MARINA DA AMIEIRA

Ir à região do Alqueva e não dar um passeio de barco na grande lagoa é como ir a Roma e não ver o Papa. Na marina da Amieira pode comprar a sua viagem de barco e pode inclusivamente alugar um Barco casa (não tem que ter carta de marinheiro). Dormir uma noite num barco é uma experiência diferente que pode realizar neste local.

marina da amieira alqueva

OBSERVAÇÃO DE ESTRELAS

Depois do pôr do sol chega a noite. E com ela as estrelas. Saiba que a região do Alqueva é um local privilegiado para a observação de estrelas. Na verdade, a região foi distinguida pela “Starlight Foundation” como um lugar de excelência para a observação do céu noturno.

Se a noite estiver limpa de nuvens, vá à Dark Sky Alqueva (aldeia da Cumeada) e passe o seu serão a observar (a olho nu ou com um telescópio) planetas, estrelas “cadentes” e constelações. A região do Alqueva é internacionalmente conhecida e reconhecida como um local de eleição do céu noturno. Por esta razão salientamos os eventos organizados pelo observatório Lago Alqueva. Todos os apaixonados pelo universo e pelos seus mistérios devem saber que este organismo disponibiliza (essencialmente durante a estação do Verão) um vasto número de eventos astronómicos. Para ter acesso aos eventos passado e futuros clique AQUI.

ROTEIRO 2 – SEGUNDO DIA NO ALQUEVA

Mapa número 2, segundo dia no Alqueva!

SÃO PEDRO DO CORVAL

É em São Pedro do Corval que encontramos o maior centro oleiro de Portugal. Aqui pode ver o barro a ser moldado pelos oleiros que lá trabalham e ainda poderá comprar algumas obras primas do artesanato português. Caso procure apenas alguns souvenirs, também estará no sitio certo para os comprar.

SÃO PEDRO DO CORVAL alqueva
SÃO PEDRO DO CORVAL

MENIR DA ROCHA DOS NAMORADOS

Está a pensar em casar? Então tem de visitar o menir da rocha dos namorados na 2ª-feira após a Páscoa para cumprir uma curiosa tradição pagã. No referido dia, as raparigas solteiras visitam o menir e atiram uma moeda para o seu topo. Caso a moeda caia, então significa que o casamento não está para breve. Se a moeda se mantiver no topo do menir o casório está iminente. É um ritual que continua muito vivo entre as gentes da região. Se o menir tem efetivamente dons de pitonisa é algo que não podemos garantir.

menir da rocha dos namorados Alqueva
ROCHA DOS NAMORADOS

CROMELEQUE DO XAREZ

Composto por 50 menires que datarão da época 4000 a 3000 AC. É um local de enorme interesse histórico e praticamente isento de turistas o que lhe irá possibilitar uma visita calma e tranquila.

cromeleque do xarez Alqueva
CROMELEQUE DO XAREZ

CONVENTO DA ORADA

Ao lado do cromeleque do Xarez, pode ver o convento da orada. Por aquilo que pudemos apurar, o monumento encontra-se quase sempre fechado. Ainda assim, a beleza do seu exterior vale bem a visita.

convento da orada
CONVENTO DA ORADA

Siga para a praia fluvial de Monsaraz e, caso o dia esteja convidativo, dê um mergulho nas água do Guadiana. Se o tempo não for compatível com o mergulho, então passeie à beira mar, relaxe a aproveite para observar os pássaros da região.

praia fluvial de monsaraz planet portugal
PRAIA FLUVIAL DE MONSARAZ

ROTEIRO 3 – TERCEIRO DIA NO ALQUEVA

Terceiro dia no Alqueva – Roteiro nº 3!

VILA DE MONSARAZ

A vila medieval de Monsaraz foi vencedora do concurso “as 7 maravilhas de Portugal”. Trata-se de uma vila museu que merece uma visita a pé pelo seu centro histórico. Reserve metade da sua manhã ou metade da sua tarde para caminhar calmamente pelas ruas empedradas desta belíssima vila museu.

monsaraz alqueva
MONSARAZ

IGREJA MATRIZ DE MONSARAZ

Data do século XVI e é constituída por três naves apoiadas em quatro colunas decoradas com xisto da região. No interior encontramos um altar-mor com uma talha dourada, oito capelas laterais e ornamentos dos séculos XVII e XVIII.

igreja matriz de monsaraz

IGREJA DE SANTO ANTÓNIO (MONSARAZ)

Não deixe de visitar a bela igreja de Santo António. A igreja data do ano de 1887 e foi mandada construir pela junta da paróquia num local próximos dos Paços do concelho de forma a captar mais pessoas para a igreja. Substituiu a antiga ermida de Santo António. A Inauguração do monumento teve lugar no dia 25 de Agosto de 1912.

IGREJA DE SANTO ANTÓNIO monsaraz

É formada por três naves, cinco altares e três capelas. Do seu exterior, realça a torre sineira.

MOURÃO

A região do Alqueva é sem dúvida especial! Mourão é mais uma vila (entre muitas outras) que merece uma visita atenta e lenta. O seu castelo é a sua atração maior! Do alto das suas muralhas desfrutará de uma vista magnífica sobre o grande lago. Mas também a sua igreja matriz e o jardim da praça da república merecem uma visita.

mourão alqueva

ALDEIA DA LUZ

Como provavelmente se recorda, a aldeia da luz ficou submersa em 2002 como consequência do fecho das comportas da barragem. A população foi realojada na nova Aldeia da Luz que é hoje a mais jovem aldeia ribeirinha Portuguesa. Aqui encontrará o museu da Luz que foi construído para que as memórias da antiga aldeia da Luz não sejam esquecidas.

museu da luz - Alqueva

O QUE VISITAR PERTO DA BARRAGEM DO ALQUEVA?

Se decidiu passar um período de férias mais prolongado na região do Alqueva, então terá tempo para visitar outras vilas e cidades nas imediações. Escolhemos 4 lugares, aqueles que nos parecem os mais interessantes e a uma curta distância do Alqueva.

ÉVORA

Do Alqueva a Évora distam 60 quilómetros, uma distância que se percorre em 47 minutos. Évora é provavelmente a cidade mais interessante do Alentejo. Um lugar antiquíssimo onde os vestígios da passagem dos povos se encontram um pouco por todo o lado. São mais de 2000 anos de história debaixo de ruas, avenidas e casas. Uma passagem que ficou assinalada através de um número imenso de coisas para ver com atenção e reflexão. Entre as muitas atrações da cidade destacam-se o templo Romano, a catedral, a capela dos ossos, a porta de Aviz, as termas romanas e mais, muito mais. Aceite a nossa sugestão e passe 2 ou 3 dias em Évora.

REDONDO

52 minutos e 59 quilómetros separam o Alqueva da vila do Redondo, um lugarejo no topo de uma colina a 300 metros de altitude. Uma vila simpática e acolhedora, um casario branco que envolve um castelo medieval com mais de 800 anos. A vida passa devagar no Redondo. Lá, todos se conhecem e todos se cumprimentam. Se aceitar a nossa sugestão não deixe de ver o castelo, a Porta da Ravessa (a mesma que dá o nome ao vinho), o parque ambiental e a herdade do Freixo.

BARRANCOS

57 minutos e 62 quilómetros separam o Alqueva de Barrancos. Uma pacata vila alentejana muito perto da fronteira e da margem do rio Guadiana. Um casario muito simples e tipicamente alentejano. Em Barrancos vale a pena passear pelas suas ruas e visitar O castelo de Noudar, a igreja Paroquial (século XVIII), as ruínas da igreja de Nossa senhora do Desterro e o museu arqueológico e etnográfico. Em barrancos há ainda espaço para a natureza. Não deixe de visitar o Parque da Natureza de Noudar, lugar onde pode observar e admirar diversas espécies de plantas e animais. Por fim, a gastronomia claro está! Em Barracos come-se divinalmente.

BEJA

42 minutos e 57 quilómetros separam o Alqueva da cidade Beja. Uma cidade localizada no Baixo Alentejo e um dos maiores distritos de Portugal. Beja é uma cidade encantadora e com muitas histórias para contar. Visigodos, Mouros e Cristãos passaram por Beja e aqui deixaram a sua marca. Se visitar Beja não se esqueça de ver o Castelo, os museus, as igrejas, as praças e de experimentar a sua gastronomia (de provar e chorar por mais).

VIAGEM VIRTUAL AO ALQUEVA

HISTÓRIA DA REGIÃO DO ALQUEVA

A lagoa do Alqueva é o maior lago artificial da Europa e abrange cinco concelhos do Alentejo (Portel, Moura, Reguengos de Monsaraz, Mourão e Alandroal). A palavra “Alqueive” significa “terra em pousio” e é possível que esteja na origem do nome do “nosso” Alqueva. É em 1262 que surge o primeiro registo escrito da palavra. Este registo leva-nos a pensar que a freguesia era já povoada na segunda metade do séc. XIII. A região do Alqueva fica a 50 quilómetros da cidade de Évora.

50 anos! Foi este o período de tempo que mediou o primeiro estudo e a construção da barragem do Alqueva! O objectivo era o de dar de “beber” às terras agrícolas do Alentejo de forma a travar a crescente desertificação da região.

Após vários anos de avanços e recuos as obras arrancaram em 1998 e ficaram concluídas em Janeiro de 2002. No dia 8 de Fevereiro do mesmo ano fecharam-se as comportas e iniciou-se o enchimento da albufeira do Alqueva. A barragem é a maior reserva de água do país e criou um relevante número de postos de trabalho na área do turismo.

A construção da barragem veio modificar significativamente a vida económica e social da região. Hoje, são muitas atividades náuticas, as aldeias ribeirinhas e as praias fluviais que a região disponibiliza aos locais e a quem visita o local.

Se está a pensar em visitar a região, então saiba que são tantas as atrações turísticas na área, que duas semanas não seriam demais para poder desfrutar calmamente de tudo. As sugestões que encontra no nosso artigo não representam a totalidade das atrações do Alqueva.

GASTRONOMIA NA REGIÃO DO ALQUEVA

No Alentejo come-se muito bem e esta região em particular não é exceção. Aqui ficam algumas sugestões:

MIGAS COM ENTRECOSTO

migas região do Alqueva
MIGAS COM ENTRECOSTO

AÇORDA ALENTEJANA

açorda alentejana Alqueva
AÇORDA ALENTEJANA

SOPA DE CAÇÃO

sopa de cação alqueva
SOPA DE CAÇÃO

RESTAURANTES BONS E BARATOS NO ALQUEVA

RESTAURANTE O PINGO

Localizado em Reguengo de Monsaraz. Conta com mais de 70 avaliações e uma classificação global de 4,5. Os comentários referem um restaurante modesto mas acolhedor. Pessoal simpático e muitos elogios para o polvo à lagareiro e para as migas com entrecosto. Os comentários referem também uma boa relação qualidade-preço.

HERDADE DO ESPORÃO

Gosta de um bom vinho? Se a resposta é SIM, então não deixe de visitar a HERDADE DO ESPORÃO, um local onde encontrará os melhores vinhos do Alentejo.

herdade do esporão alto alentejo planet portugal

Marque a sua visita! Prove os vinhos alentejanos e também os produtos regionais do Alentejo. Para além desta possibilidade, as vinhas e a Torre do esporão são, por si só, dignas de visita.

HOTEIS REGIÃO DO ALQUEVA

MONTE DA BOA VISTA

Hotel de 4 estrelas. Mais de 125 comentários e uma classificação global de 4.3. Fica localizado perto de Portel que fica a cerca de 15 minutos (de carro) do Alqueva. Se tiver um carro à sua disposição a localização do Monte da boa vista não será um problema. Nas suas proximidades encontrará restaurantes, entretenimento e passeios pedestres. Os comentários positivos salientam a simpatia do pessoal e a magnífica vista que circunda o hotel.

hotel monte da boavista Alqueva

HOTEIS BARATOS NA REGIÃO DO ALQUEVA

HOTEL PASSAGEM DO SOL

Hotel de 2 estrelas localizado em Moura a cerca de 15 minutos de carro do Alqueva. Mais de 250 comentários e uma classificação global de 4.2 estrelas (num máximo de 5). Os comentários positivos realçam a beleza do edifício, o cheiro das laranjeiras, a limpeza e a qualidade do pequeno almoço. Assumindo de que dispõe de carro, o local é muito central e próximo das atrações turísticas, restaurantes e do Alqueva.

hotel passagem do sol moura, alqueva

.

SE GOSTOU DESTE ARTIGO TAMBÉM VAI GOSTAR DE…

PORTO COVO (clique na imagem)
VILA NOVA DE MILFONTES (clique na imagem)