COSTA DA CAPARICA – 20 SÍTIOS TOP a visitar! [2021]

Da Costa da Caparica a Lisboa são apenas 20 minutos! É uma freguesia do concelho de Almada e foi elevada a cidade em 2004. É famosa pelas suas belas praias!

PRAIA COSTA DA CAPARICA
PRAIA COSTA DA CAPARICA

COSTA DA CAPARICA

São muitas as praias que fazem parte da Costa da Caparica. As mais famosas são: praia de São João, praia Nova, praia do Castelo, praia da Sereia, praia do CDS e fonte da Telha. Mas as atracções desta cidade não se esgotam nos seus belos areais. A paisagem protegida da Arriba fóssil da Costa da Caparica merece, por si só, a sua visita. Mas há mais, muito mais para descobrir…

Em 1770 fixaram-se na Costa da Caparica os primeiros pescadores provenientes de Ílhavo (localidade perto de Aveiro). Estabeleceram-se numa língua de areia entre o oceano e as enormes falésias (70 a 100 metros de altura) da área. Caso tenha interesse na história da Costa da Caparica siga até ao final do artigo. A freguesia conta ainda com bairros de pescadores (Cova do Vapor e Fonte da Telha. Apesar do progresso da modernidade, estes bairros mantêm as suas características quase intactas. Se gosta de passear na praia e se tem um interesse particular por bairros de pescadores e pelas suas gentes, então vai adorar a Costa da Caparica. Nesse caso não deixe de ler também o nosso artigo sobre a Figueira da Foz.

COSTA DA CAPARICA, BAIRRO DE PESCADORES
COSTA DA CAPARICA, BAIRRO DE PESCADORES

AS MELHORES PRAIAS DA COSTA DA CAPARICA

São muitas (e boas!) as praias da costa da Caparica. Aqui ficam algumas recomendações:

PRAIA DA COVA DO VAPOR

É uma praia perfeita para quem não gosta de “praias da moda”. É claramente o meu caso. Fica junto ao bairro da cova do vapor, um bairro de classe média ou média/média baixa. Há muitas casas (pequenas moradias) que funcionam como 2ª habitação.

O areal é grande e tem muito menos pessoas do que (provavelmente) todas as outras praias da costa. Às vezes tem o inconveniente de ser um pouco ventosa. Tem um apoio de praia (caro) mas de boa qualidade. Para quem gosta de sítios típicos e baratos (como eu), há alguns cafés à entrada da praia (exemplo: associação de moradores da cova do vapor).

PRAIA DA COVA DO VAPOR NA COSTA DA CAPARICA
PRAIA DA COVA DO VAPOR NA COSTA DA CAPARICA

Tenha cuidado com a correntes fortes que por vezes se fazem sentir junto aos pontões (como indicado na foto EM BAIXO).

cova do vapor costa da caparica
PONTÕES COSTA DA CAPARICA

PRAIA DE SÃO JOÃO

Uma das praias historicamente mais frequentadas da Costa da Caparica. Tem a vantagem de disponibilizar um parque de estacionamento pago (mas que pode poupar muitas dores de cabeça no momento da chegada e partida da praia). Mas não se iluda, nos meses de verão o trânsito é sempre muito intenso.  

PRAIA DE SÃO JOÃO, COSTA DA CAPARICA

PRAIA DO CDS

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a praia não tem nenhuma conotação ou ligação política. Com efeito, CDS são as iniciais para Centro Desportivo de Surf. Aqueles que viajam para a costa de autocarro, saem na estação da praia do CDS. Na década de 70, a sigla estava desenhada nas pedras do pontão desta praia para a distinguir das restantes praias da costa. Também é uma praia muito procurada por surfistas.

PRAIA CDS COSTA DA CAPARICA
PRAIA CDS COSTA DA CAPARICA

PERCURSO PEDESTRE – SUGESTÃO

Há várias atracções na área da Costa da Caparica. Caso goste de fazer caminhadas e queira conhecer algumas das principais atracções a pé, siga esta sugestão de passeio pedestre (sugerimos que o faça ao longo de um dia completo). Se o fizer vai conhecer a Trafaria, a Cova do Vapor e o pontão da costa.

CLIMA DA COSTA DA CAPARICA

A Costa da Caparica tem um clima moderado, não atingindo temperaturas extremas em nenhuma altura do ano. Mas é entre maio e outubro que temos o melhor período para usufruir do que esta cidade tem para oferecer: as praias, os passeios, as atividades ou as visitas culturais. De forma mais gráfica, fica aqui a temperatura e pluviosidade da Costa da Caparica ao longo do ano.

temperaturas costa da caparica
CLIMA DA COSTA DA CAPARICA

PERTO DA COSTA DA CAPARICA

Na Costa da Caparica há muitas atrações turísticas com especial destaque para as praias. Se quiser ir além dos banhos de sol e de mar, saiba que existem outros pontos de interesse nas proximidades da costa. Segue-se um mapa para o ajudar a escolher a sequência dos seus passeios.

CRISTO REI

Se visitar a Costa da Caparica e o Cristo Rei, não deixe de subir ao topo deste monumento. Primeiramente porque terá uma magnífica vista sobre a ponte 25 de Abril. Mas também porque de lá poderá ver os parques naturais de Sintra-Cascais, da Arrábida e, obviamente, sobre a cidade de Lisboa! O Cristo Rei é o monumento mais emblemático da margem sul. É um monumento religioso que representa o sagrado coração de jesus e é inspirado no famoso Cristo redentor do Rio de Janeiro. Foi inaugurado em 1959. Tem uma espantosa altura de 110 metros (!). Imperdível!

CRISTO REI
CRISTO REI

COMBOIO DA COSTA DA CAPARICA

Entrou em funcionamento em 1960 numa época em que poucos tinham carro. O comboio permitiu aos portugueses conhecer e consequentemente, frequentar com mais assiduidade as praias mais remotas da costa Caparica. Faz a conexão entre a praia da costa da Caparica e a Fonte da Telha. Apesar de ser um meio de transporte, é essencialmente uma experiência de lazer. Uma viagem de 9 km, com 4 estações e 15 apeadeiros. Disponível apenas durante os meses de verão.

Os comboios estão velhos e pouco confortáveis. Mas estas peculiaridades tornam a viagem pitoresca e uma autêntica viagem ao passado. Durante a viagem, poderá admirar de um lado a Arriba Fóssil da Costa da Caparica e, do outro, as praias da costa e do oceano.

comboio da costa da caparica
COMBOIO DA COSTA DA CAPARICA

PAISAGEM PROTEGIDA DA ARRIBA FÓSSIL DA COSTA DA CAPARICA

Localiza-se a 10 quilómetros do centro da cidade. Para conhecer este local, a melhor opção é uma caminhada. Comece o percurso na Fonte da Telha. Se optar por fazer o seu percurso pedestre pelo meio da floresta, então terá a oportunidade de conhecer magníficos miradouros. Mas caso opte pelo caminho mais próximo das praias, conhecerá muitas das belíssimas praias desta zona balnear.

arriba fóssil da costa da caparica planet portugal
PAISAGEM PROTEGIDA DA ARRIBA FÓSSIL DA COSTA DA CAPARICA

MATA DOS MEDOS – Percursos da Costa da Caparica

Na Costa da Caparica, junto às praias, há muitos lugares especiais. A Mata dos Medos é um desses lugares. Foi mandada plantar pelo rei D. João V para reter as areias, evitando assim que estas avançassem para os terrenos agrícolas. Hoje é uma Reserva Botânica, sobre a Arriba Fóssil da Costa da Caparica. Ao aproximarmo-nos do limite costeiro da Mata, abre-se uma vista deslumbrante sobre o oceano. Depois de lá chegar, poderá desfrutar de uma vista para a Serra de Sintra (a norte), e o Cabo Espichel (a sul). Mas a Mata é também um local agradável para um piquenique, um passeio em família ou uma caminhada, desfrutando dos aromas a maresia, a pinheiro e a rosmaninho. A Mata tem também à disposição dois percursos pedonais: o Trilho Verde e o Trilho Azul. Ambos partem e terminam no Parque de Merendas do Zimbral. O Trilho Verde é um passeio muito bonito, através de um caminho fácil de percorrer, com apenas 1,2 Km. É uma caminhada que se faz em cerca de 1 hora e passa por um miradouro com uma vista fabulosa.

VISTA PARA A COSTA DA CAPARICA
VISTA PARA A COSTA DA CAPARICA

O Trilho Azul acompanha o Trilho Verde até ao miradouro, no entanto, no caminho de regresso, o percurso leva-nos a outro miradouro, mais a sul, ideal para desfrutar do pôr-do-sol. Este trilho tem 2,2 Km. Embora seja mais longo que o trilho verde, este caminho é igualmente fácil.

PASSEIOS A CAVALO

Uma forma diferente e marcante de usufruir da beleza da Costa da Caparica é através de um passeio de cavalo. Há dois passeios disponíveis, um pelo imenso areal da praia, entre as arribas e o oceano, outro, penetrando nos arvoredos e segredos da Mata dos Medos. O passeio pela praia só é possível fora da época balnear. Se ficou curioso, não deixe passar esta experiência. Tem aqui mais informações disponíveis. https://www.casadesaocristovao.com/pt/passeios-a-cavalo

passeio cavalo costa caparica
PASSEIOS A CAVALO NA COSTA DA CAPARICA

COSTA DA CAPARICA VISTA DO CÉU – VOO DE PARAPENTE     

Acredite que é inesquecível a experiência da Costa da Caparica a partir do céu! Aconselho aos destemidos um voo de parapente. Não se preocupe se nunca fez nada assim, será tudo tratado com acompanhamento, segurança e profissionalismo. Não se esqueça de trazer a máquina fotográfica, vai querer registar o momento. Se já está entusiasmado, aproveite e faça já a sua reserva. https://parapenteportugal.com/batismos-de-voo/

parapente costa caparica
PARAPENTE DA COSTA DA CAPARICA

FUN PARK/PARQUE DE DIVERSÕES DE SÃO JOÃO

Mesmo em frente à praia de S. João da Caparica, fica o parque aventura Fun Parque. Pode passar aqui bons momentos com os amigos ou a família, desfrutando de atividades recreativas como arborismo, escalada, insufláveis e paintball. O Fun Parque é uma ótima proposta de diversão na Costa da Caparica.

FUN PARK, COSTA DA CAPARICA

PARQUE URBANO DA COSTA DA CAPARICA

O parque cheira a mar! Fica a pouco mais de 600 metros da praia de Santo António da Caparica.  O Parque Urbano da Costa da Caparica, ou Parque de Santo António, ocupa uma área muito ampla, e tem alguns recursos que podem ser muito úteis. No recinto, encontram-se dois parques infantis estupendos, onde, para além dos equipamentos clássicos, há também outros menos comuns: barcos, casas e pontes de madeira, redes e baloiços de corda, slide, trampolim… Quem tem filhos pequenos, sabe que um bom parque pode ser um salva-vidas!

No local há um restaurante e um parque de merendas, para quem prefere os piqueniques. Os desportistas têm à sua disposição campos de ténis, basquetebol, futebol e ciclovias, embora os campos não aparentem ter muita utilização. Ainda neste espaço, encontra-se um estacionamento com mais de 200 lugares.

PARQUE URBANO DA COSTA DA CAPARICA
PARQUE URBANO DA COSTA DA CAPARICA

CONVENTO E MIRADOURO DOS CAPUCHOS

O Convento dos Capuchos fica em plena Costa da Caparica, muito próximo do acesso à autoestrada. Se for de carro para a praia, aproveite para visitar o convento quando estiver a caminho, ou quando estiver de saída. O espaço está aberto de quarta-feira a sábado, entre as 10h e as 18h. O Convento dos Capuchos é uma construção do século XVI, de traçado simples e elegante. Pertencia à ordem dos franciscanos, que aqui permaneceram até ao século XIX. Mas no século XX o edifício foi adquirido e restaurado pela autarquia de Almada. Atualmente, no lugar privilegiado do convento, funciona um polo cultural, abrigando espetáculos e exposições.

Para além da beleza do edifício do convento, toda a área envolvente proporciona um agradável passeio. Aproveite para visitar os bonitos jardins. O acesso aos jardins é gratuito e faz-se por um portal, à esquerda do convento. Por entre os caminhos verdejantes abre-se um belo miradouro, junto ao monumento Pablo Neruda.

CONVENTO DOS CAPUCHOS, PLANET PORTUGAL.
CONVENTO DOS CAPUCHOS, PLANET PORTUGAL.

Há ainda um outro miradouro a alguns metros do convento, mas fora da sua propriedade. Este é conhecido como Miradouro dos Capuchos e tem uma vista panorâmica impressionante. Num dia de céu limpo, deste lugar, avista-se toda a Costa de Caparica, a Serra de Sintra, Lisboa, o Farol do o Bugio, o Forte de S. Julião, a Baía de Cascais, a Serra da Arrábida e o Cabo Espichel.

MIRADOURO DOS CAPUCHOS - COSTA DA CAPARICA
MIRADOURO DOS CAPUCHOSCOSTA DA CAPARICA

SOLAR DOS ZAGALLOS

O Solar dos Zagallos é uma casa senhorial apalaçada, do século XVIII e cercada por um jardim de extremo encanto. O interior é um lugar de grande beleza. O Solar foi adquirido pela Câmara Municipal de Almada em 1980. Depois Foi convertido num espaço cultural com frequentes eventos musicais e exposições. Mas com ou sem eventos, vale a pena conhecer o Solar. Lá destacam-se os dois salões nobres, mandados construir expressamente para receber o rei D. João VI. Depois de visitar os salões, saia para o maravilhoso jardim. Lá encontra-se uma pequena capela de azulejos azuis e brancos, consagrada ao Senhor dos Passos. O Solar está aberto para visitas aos domingos, entre as 14h00 e as 17h30, e de quarta-feira a sábado, entre as 10h00 e as 12h00.

SOLAR DOS ZAGALLOS
SOLAR DOS ZAGALLOS

ATRAVESSAR O TEJO DE FERRY

De Lisboa para a Costa da Caparica, em alternativa ao carro e ao autocarro, pode aproveitar para desfrutar da travessia do rio Tejo de ferry. Mas não pense que fará um sacrifício! Se embarcar em Belém, desembarca na Trafaria, e daqui há ligação direta com o autocarro que vai para a costa da Caparica. Outra possibilidade é apanhar o ferry no Cais do Sodré, desembarcar em Cacilhas e apanhar o autocarro para a Costa da Caparica.

atravessar o barco de ferry
ATRAVESSAR O TEJO DE BARCO

É possível fazer todo o trajeto de Lisboa para a Costa da Caparica de autocarro, basta apanhar o veículo 153, 155 ou 161 da rede TST (Transportes Sul do Tejo). Esta é uma solução prática, mas não tem o mesmo encanto que o ferry.

ATRAVESSAR O TEJO DE FERRY
ATRAVESSAR O TEJO DE FERRY

FRAGATA DOM FERNANDO II E GLÓRIA

Se apanhar o ferry no Cais do Sodré, rumo à Costa da Caparica, quando desembarcar em Cacilhas, não deixe passar ao largo da Fragata Dom Fernando II e Glória, ancorada no cais 2 de Cacilhas. Aliás, mesmo se não vier por este caminho, vale a pena fazer um pequeno desvio para ir conhecer este veleiro histórico e glorioso. A Fragata foi construída no século XIX, em Damão, uma cidade que na altura pertencia à Índia portuguesa. O veleiro partiu pela primeira vez de Goa, a principal cidade indo-portuguesa, com destino a Lisboa. Durante vários anos, fez a ligação entre os territórios portugueses na Índia e Portugal continental, chegando a transportar 600 passageiros. Durante a visita a esta embarcação, percorrem-se os seus quatro andares, que reproduzem minuciosamente o ambiente original. A Fragata pode ser visitada todos os dias, segunda-feira a partir das 12h e os restantes dias da semana a partir das 10h. De junho a setembro a Fragata encerra às 18h e, de maio a outubro, às 17h. O bilhete de adulto custa 4€ e os de criança, jovem e maiores de 65 anos custa 2€. No primeiro domingo de cada mês e dia 20 de maio, a entrada é gratuita.

 FRAGATA DOM FERNANDO II E GLÓRIA
FRAGATA DOM FERNANDO II E GLÓRIA

ELEVADOR PANORÂMICO DA BOCA DO VENTO

Depois de conhecer a Fragata Dom Fernando II e Glória, aproveite o passeio ao longo rio, até chegar ao Elevador Panorâmico da Boca do Vento (são menos de 15 minutos de caminhada). Primeiramente porque este elevador lhe vai proporcionar uma vista incrível. Depois porque faz uma ligação rápida entre a zona ribeirinha, onde se encontram muitos restaurantes, e a zona histórica de Almada. O elevador parte de 15 em 15 minutos e o bilhete de acesso custa 1€.

ELEVADOR PANORÂMICO DA BOCA DO VENTO
ELEVADOR PANORÂMICO DA BOCA DO VENTO

CASA DA CERCA

No centro histórico de Almada, quase em frente ao elevador panorâmico, encontra-se a Casa da Cerca. Este é um espaço municipal, transformado em centro de arte contemporânea, que privilegia as artes plásticas, particularmente o desenho. A Casa da Cerca faz parte do espaço do Palácio da Cerca. Mas se a arte contemporânea não o atrai, ainda assim não deixe de passar por aqui para dar um passeio no Jardim Botânico da Casa da Cerca.

CASA DA CERCA, ALMADA
CASA DA CERCA, ALMADA

TRAFARIA

A Trafaria foi (e ainda é) um bairro de pescadores pertencente à freguesia da Costa da Caparica. Tem uma população de 5696 habitantes. O bairro em frente à estação dos barcos merece uma visita para que possa conhecer as suas ruas estreitas e as suas casas típicas.  

RUAS DA TRAFARIA
RUAS DA TRAFARIA

De acordo com alguns relatos históricos, a Trafaria teve a sua origem num aglomerado de pescadores. A pesca continua a ser uma atividade importante (ainda que tenha vindo a perder importância ao longo dos últimos anos).

PRAIA DA TRAFARIA
PRAIA DA TRAFARIA

SE NÃO TIVER TEMPO PARA VER TUDO, NÃO DEIXE DE VER

SUBIDA AO CRISTO REI

PRAIA DA COVA DO VAPOR

VILA DA TRAFARIA

TRAVESSIA DE BARCO

ELEVADOR PANORÂMICO

VISITA VIRTUAL A LA COSTA DE CAPARICA

HOTEIS COSTA DA CAPARICA

TRYP LISBOA CAPARICA MAR HOTEL

Hotel com uma boa localização (em frente da praia). De acordo com as reviews que analisei, o hotel apresenta quartos confortáveis, uma piscina exterior, funcionários simpáticos e um óptimo pequeno almoço. Algumas dificuldades com o estacionamento.

TRYP HOTEL COSTA CAPARICA
TRYP LISBOA CAPARICA MAR HOTEL

MERCURE LISBOA ALMADA

Localizado um pouco longe da praia mas muito perto do Cristo Rei, do Almada Forum e de um parque. As reviews são muito boas (4.3/5) – é a melhor classificação de todos os hotéis (de 4 estrelas) da área da Costa da Caparica.

MERCURE ALMADA HOTEL
MERCURE LISBOA ALMADA

MAR E SOL RESIDENCIAL

As reviews são bastante boas. Tem uma excelente relação entre qualidade e preço. Entre os elogios, destacam-se a limpeza do local, a qualidade do pequeno-almoço e o conforto dos quartos (apesar de serem pequenos).

MAR E SOL RESIDENCIAL COSTA DA CAPARICA
MAR E SOL RESIDENCIAL

LISBON SOUTH HOSTEL

Também tem, de acordo com as opiniões, uma óptima relação entre qualidade e preço. Os comentários referem a simpatia, o terraço, a piscina, o espaço de coworking a as salas de apresentação. É muito central e o pequeno-almoço tem excelentes comentários.

HOSTEL NA COSTA DA CAPARICA
LISBON SOUTH HOSTEL

RESTAURANTES COSTA DA CAPARICA

Sou um assíduo frequentador dos restaurantes da Trafaria há muitos anos. Consequentemente, as recomendações que se seguem são o resultado de uma experiência acumulada e repetida.

CASA BOM PETISCO

Magnífica opção para quem gosta de peixe (robalo, choco, linguado). É um restaurante pequeno, muito acolhedor, gerido por um pequeno núcleo familiar. Fica no centro da Trafaria (a 3 ou 4 minutos de carro da costa da Caparica). Sou cliente habitual há muitos anos. Tem uma excelente qualidade e uma ótima relação preço-qualidade. Preço: 17 a 19 euros por pessoa (entrada+prato (peixe)+vinho+sobremesa)

CASA BOM PETISCO - TRAFARIA
CASA BOM PETISCO – TRAFARIA

RESTAURANTE PIRI-PIRI

Próximo da estação de barcos da Trafaria. Os pratos do dia e a carne são muitíssimo baratos e de boa qualidade (atenção porque o peixe é caro). O pessoal é simpático, o restaurante é grande e uma vez mais, com uma fantástica relação preço qualidade. Preço: 10 a 14€ por pessoa (entrada+prato (carne)+vinho+sobremesa+ café)

RESTAURANTE PIRI-PIRI NA TRAFARIA
RESTAURANTE PIRI-PIRI

EVENTOS NA COSTA DA CAPARICA

É habitual pensar-se que as atividades culturais se limitam à grande e cosmopolita cidade de Lisboa. Mas a verdade é que a margem sul do Tejo apresenta uma impressionante dinâmica de eventos de cultura. Para ficar a par dos próximos eventos na costa da Caparica, clique AQUI!

FOTOGRAFIAS ANTIGAS DA COSTA DA CAPARICA

A POPULAÇÃO DA COSTA DA CAPARICA

evolução demográfica costa da caparica planet portugal

HISTÓRIA DA COSTA DA CAPARICA

Não será difícil acreditar nos registos que referem que o nome da área está diretamente relacionado com a sua posição geográfica. Pouco depois da chegada do grupo de ílhavo (1770), chegou um outro grupo de pescadores, os Algarvios. Diz-se que em menor número. Os dois “povos” fixaram-se em locais diferentes da costa mas suficientemente próximos para nascer uma rivalidade entre grupos.

O CAPARICANO

Mas com o passar do tempo, os grupos misturaram-se e deram origem ao “CAPARICANO“. Uma mistura onde se dissiparam as características específicas de Ílhavo e do Algarve. E a este “novo homem”, juntaram-se com o passar do tempo os pescadores de Sesimbra, Setúbal e os homens de “terra a dentro”. Muitos destes “estrangeiros”, apareciam durante os meses de Verão para trabalhar na pesca e ficavam alojados em barracas. Assim, foram chamados de “barraqueiros” pelas gentes da costa da Caparica. No princípio do século XIX, foi construída a primeira casa de pedra e cal onde ficou Dom João VI. A área entre as habitações e a arriba começou a ser utilizado para a agricultura no final do século XVIII. Nas estações do ano em que o mar não permitia a pesca, a terra passou a ocupação dos locais. O solo era adubado com algas e peixes. Esta medida, em conjunto com a grande quantidade de água presente nos terrenos daquela região, fizeram daqueles terrenos uma solução para a subsistência. Numa fase inicial cultivavam cereais e vinha. Mais tarde, passaram a cultivar produtos hortícolas que eram vendidos nos grandes mercados portugueses daquele tempo.

UMA TERRA DE INFORTÚNIOS

Mas foram muitas as desgraças que assolaram as gentes da costa. Fome, tragédias marítimas, doenças e até incêndios faziam parte do quotidiano dos “caparicanos”. Como consequência das sucessivas catástrofes, abriu-se um espaço para uma religião fervorosa entre os locais.  Consequentemente foram muitas as manifestações religiosas: construção de igrejas,  procissões (Senhor dos Passos), festas religiosas (Nossa Senhora da Conceição) e romarias (dos Círios à nossa senhora do Cabo).

SE GOSTOU DESTE ARTIGO TAMBÉM VAI GOSTAR DE…

PORTINHO DA ARRÁBIDA (clique na imagem)
ALCÁCER DO SAL (clique na imagem)