PADRÃO dos DESCOBRIMENTOS: Imponente e Polémico! (2021)

O Padrão dos Descobrimentos é um monumento que se destaca na margem do rio Tejo e que se situa a uma centena de metros da Torre de Belém.

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Foi mandado construir pelo Estado Novo para a grande exposição do mundo português (1940). Foi o arquiteto Cottinelli Telmo o responsável pela sua arquitetura e as esculturas foram da responsabilidade de Leopoldo de Almeida. O monumento foi primeiramente pensado como homenagem ao Infante dom Henrique. O projeto inicial nunca foi concretizado, e tinha Sagres (Algarve) como localização prevista.

padrão dos descobrimentos
PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS


Mais tarde, durante a preparação da exposição do mundo português (1940), o projeto inicial transformou-se no padrão dos Descobrimentos. É uma homenagem ao Infante dom Henrique e também àqueles que com ele colaboraram e àqueles que seguiram o seu caminho. 8 meses bastaram para que o monumento ficasse construído. Na construção inicial foram utilizados materiais perecíveis. Por esta razão, teve de ser retirado em 1958 para que fosse reconstruído nos anos 2 anos seguintes. A nova versão do Padrão dos Descobrimentos foi feita ainda em pedra de lioz. Foi Salazar que assim o decidiu 500 anos depois do nascimento do Infante.

ONDE FICA O PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS?

Também chamado de monumento aos descobrimentos ou monumento aos navegantes, fica em Belém na cidade de Lisboa.

CARACTERÍSTICAS DO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Em forma de caravela, tem 3 grandes velas que se estendem num pilar central e vertical. Sobre a entrada do monumento, há uma enorme espada. O infante Dom Henrique encontra-se na proa da caravela (do padrão) segurando um mapa na mão esquerda e uma caravela na sua mão direita.

figuras do padrão dos descobrimentos
PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS II

Em cada lado do monumento, encontramos uma longa fila de estátuas. Elas representam alguns dos mais notáveis portugueses que estiveram de alguma forma ligados aos descobrimentos. Entre estas figuras encontramos navegadores, guerreiros, poetas e cientistas.

ROSA DOS VENTOS

Em frente da entrada do Padrão, está representada no chão uma Rosa dos Ventos gigante (50 metros de diâmetro). Esta figura foi uma oferta da África do Sul em 1960 e foi ornamento com uma sereia, um peixe fantasioso e Neptuno montado num animal marinho.

Rosa dos ventos no padrão dos descobrimentos
ROSA DOS VENTOS

VISITAR O PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Divida a sua visita em 5 MOMENTOS DISTINTOS:

1º MOMENTO DA VISITA – Veja e admire o exterior do monumento.

torre de belém exterior
EXTERIOR DO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

2º MOMENTO DA VISITA – Compre o bilhete de entrada.

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS, PREÇOS

Visite o padrão dos descobrimentos com calma e com tempo para que possa usufruir de tudo aquilo que este belo monumento tem para lhe oferecer. Aqui fica  as diferentes possibilidades relativamente aos preços dos bilhetes.

preços dos bilhetes padrão dos descobrimentos.

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS – HORÁRIO

O horário do Padrão dos Descobrimento varia de acordo com a procura e com a época do ano.

horários padrão dos descobrimentos

3º MOMENTO DA VISITA – Veja o filme sobre o Padrão dos Descobrimentos.

Pode ser visto todos os dias às 15:30. Aqui fica o trailler.

4ª MOMENTO DA VISITA – Visite a exposição que estiver em exibição aquando da sua visita (as exposições não são permanentes).

exposição padrão dos descobrimentos
EXPOSIÇÃO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

5º MOMENTO DA VISITA – Suba ao topo do monumento para aceder ao seu incrível miradouro.

miradouro do Padrão dos Descobrimentos
MIRADOURO DO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS, FIGURAS

São muitos os notáveis que se encontram representados em ambos os lados do Padrão dos Descobrimentos. Como já tivemos oportunidade de referir, o Infante Dom Henrique lidera uma fila de gente ilustre da área das ciências, das artes e até mesmo guerreiros. Neste artigo, optámos por incluir aqueles que julgamos terem sido os mais ilustres entre os notáveis.

LADO OESTE

Lado Oeste do Padrão dos descobrimentos.
LADO OESTE DO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

INFANTE DOM HENRIQUE

Na proa do caravela (do padrão) encontra-se o Infante Dom Henrique (1394-1460). Foi a figura mais importante das descobertas marítimas portuguesas e era conhecido como Infante de Sagres ou Navegador. O Infante rodeou-se de sábios e de navegadores e com eles iniciou a gloriosa época dos descobrimentos Portugueses. Os arquipélagos da Madeira e dos Açores foram descobertos durante a sua vida. Foi sob sua direcção que o povoamento e o desenvolvimento dos arquipélagos teve lugar. É no mosteiro da Batalha que podemos encontrar os restos mortais do Navegador.

Infante dom Henrique

LUÍS VAZ DE CAMÕES

O poeta maior da língua portuguese está representado no padrão dos descobrimentos do lado oeste (do lado da torre de Belém). São muitas as dúvidas sobre a verdadeira história de Luís Vaz de Camões. Terá nascido em Lisboa em 1579 ou 1580, proveniente de uma pequena família com algumas posses. Nada se sabe com certeza sobre a sua infância. Sabe-se, no entanto, que terá recebido uma apurada educação enquanto adolescente. Dominava o latim, a literatura e a história. Há quem diga que estudou na universidade de Coimbra mas não há registos escritos da sua passagem por lá.

São geralmente aceites os muitos casos amorosos do poeta. Uma vida pessoal conturbada a que somava um gosto pela vida boémia e quezilenta. Há quem diga que perdeu um olho numa batalha e há quem diga que o perdeu numa disputa amorosa. Foi preso por ferir um homem. Foi perdoado e partiu para o Oriente onde foi novamente preso por diversas vezes e onde combateu por Portugal. No oriente terá escrito a obra maior da literatura nacional, uma epopeia sobre Portugal: “Os Lusíadas”. Regressado da guerra, passou a receber uma pequena pensão que, no seus últimos anos de vida, mal lhe terá chegado para manter uma vida digna até ao fim.

LUÍS VAZ DE CAMÕES
LUIZ VAZ DE CAMÕES

LADO ESTE DO PADRÃO

VASCO DA GAMA (1469 – 1524)

É a terceira estátua do lado este do Padrão do Descobrimentos.

lado este do padrão dos descobrimentos
LADO ESTE DO PADRÃO

Nascido no Alentejo (Sines) perto da Igreja da nossa senhora das Salvas. Sines era nesse tempo um pequeníssimo lugarejo com uma pequena comunidade piscatória apoiada pelo Porto de Sines.  Há pouca informação sobre a 1ª fase da vida deste grande nome da exploração marítima portuguesa. Sabe-se que era um profundo conhecedor de Astronomia e de matemática e pensa-se que terá aprendido em Évora.

Foi Manuel I de Portugal que nomeou Vasco da Gama como capitão-mor da expedição que, em 1497 partiu de Belém rumo à Índia. Eram 170 homens distribuídos por 4 embarcações naquela que foi, à data, a mais longa viagem marítima até então realizada. A chegada à Índia (Calecute) dá-se no dia 20 de Maio de 1498.

terceira estátua vasco da gama
VASCO DA GAMA

EXPOSIÇÃO DO MUNDO PORTUGUÊS

O Padrão dos descobrimentos é fruto da exposição do mundo Português, a qual teve lugar em Lisboa (Belém) em 1940. O evento teve como propósito a comemoração da fundação de Portugal (1140) e também a celebração da restauração da Independência (1640) perdida para os espanhóis. Salienta-se o facto da exposição ter sido temporalmente coincidente com a 2ª guerra mundial. Esta grandiosa demonstração foi também um sinal de vitalidade e de consolidação do Estado Novo e de Salazar.

exposição mundo português 1940
EXPOSIÇÃO MUNDO PORTUGUÊS

Na fotografia acima, podemos ver a primeira versão do padrão dos descobrimentos e também a famosa fonte luminosa de Belém, a qual data também de 1940 e é um elemento central do Jardim da praça do império.

VIAGEM VIRTUAL AO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

O QUE VISITAR PERTO DO PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS?

O Padrão dos Descobrimentos fica em Belém, local onde nasci, cresci e onde vivo. Sempre achei Belém a zona mais bonita da cidade (apesar de reconhecer que o centro da cidade é sempre mais apetecível para os turistas). A beleza e a riqueza do património em belém é tão vasta que difícil mesmo é sugerir 4 atrações perto do Padrão dos Descobrimentos. Para o conhecer bem, 2 horas são perfeitamente suficientes. Se lhe sobrar tempo, aproveite para conhecer as atrações que seguem. Preparámos-lhe um mapa para que possa planear o seu passeio com eficiência.

mosteiro dos jerónimos
MOSTEIRO DOS JERÓNIMOS

Se estiver de costas para o Padrão dos Descobrimentos, verá à sua frente o mais impressionante mosteiro em Portugal, o majestoso Mosteiro dos Jerónimos! Ostenta o título de Património da Humanidade (desde 1983) e é um dos locais que mais turistas recebe em Lisboa. Uma gigantesca obra-prima que demorou quase 100 anos a construir (1501-1591). Esta é uma daquelas visitas que não pode deixar de fazer. Entre na imensa nave do Mosteiro e aprecie com calma. Garanto-lhe que aquilo que vai ver ficará para sempre presente na sua memória, absolutamente imperdível!  

planetário calouste gulbenkian em belém
PLANETÁRIO CALOUSTE GULBENKIAN

Do Padrão dos Descobrimentos ao Planetário Calouste Gulbenkian são apenas 5 minutos a pé. Desde miúdo que aqui vou com regularidade. Se tem curiosidade sobre o universo (eu tenho muita!), vai gostar de assistir às diversas sessões que o planetário tem para mostrar. Foi construído em 1963 e deve o seu nome à fundação com o mesmo nome. A fundação Calouste Gulbenkian doou 7 milhões de escudos (moeda antiga), para ajudar na construção deste lugar mágico para crianças e graúdos! Para além do grande auditório, o espaço tem ainda uma galeria com várias exposições e uma grande biblioteca temática.

fábrica dos pasteis de belem
FÁBRICA DOS PASTEIS DE BELÉM

Do Padrão dos Descobrimentos aos pasteis de Belém distam 10 minutos a pé. Desde 1837 que os famosos pasteis são confecionados neste local. A receita mantém-se secreta! Os pasteis são produzidos na “oficina dos segredos” e os pasteleiros que lá trabalham assinam um contrato de confidencialidade. Já os provou? Se ainda não teve a oportunidade de comer um pastel de Belém, saiba que há apenas um problema que não deve desconhecer: os pasteis de belém são altamente viciantes e é impossível comer apenas um! Uma miséria para manter o corpinho na linha!

torre de belém
TORRE DE BELÉM (clique na imagem)

Um pequeno passeio de 5 minutos separam o Padrão dos Descobrimentos da imponente Torre de Belém. Não deixe de visitar um dos símbolos de Lisboa e de Portugal. Uma torre do século XVI que foi outrora usada para defesa de Belém e mais tarde como masmorra e farol! Um monumento com 5 pisos repleto de pontos de interesse. O seu exterior é belo mas o interior não lhe fica atrás. Se visitar o interior da Torre de Belém, encontrará um terraço, uma capela, uma sala de audiências, uma sala de reis e a sala do governador.

PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS, POLÉMICO

Um último parágrafo para comentar as palavras proferidas por um deputado do PS no principio do ano de 2021 (Ascenso Simões de seu nome). Este deputado sugeriu a demolição do Padrão do Descobrimentos. Politicamente situo-me ao centro esquerda. Mas considero absolutamente triste e lamentável que este senhor tenha sugerido esta verdadeira aberração. A história não se apaga. Está lá e devemos aprender com ela para evitar erros no presente e no futuro. O meu pai costumava dizer-me que não devemos nunca olhar para o passado com os olhos do presente. É um sinal de ignorância e um erro de análise. Ascenso Simões revelou-se um verdadeiro pateta ignorante.

SE GOSTOU DESTE ARTIGO TAMBÉM VAI GOSTAR DE…

TORRE DE BELÉM
TORRE DE BELÉM (clique na imagem)
MIRADOURO DE SANTA CATARINA
MIRADOURO DO ADAMASTOR (clique na imagem)