POMBAL: Guia COMPLETO para a sua visita! (2021)

Pombal é um local de lendas, de história e de pessoas eminentes! Entre outros ilustres, destacou-se o todo o poderoso Marquês de Pombal!

POMBAL

É uma cidade que pertence ao distrito de Leiria.  Tem 11000 pessoas e ganhou o título de cidade em 1991. São muitas as atrações turísticas que deve visitar nesta cidade. Entre outras, destacamos o castelo, a mata nacional do urso e o parque de Merendas. Neste artigo vamos dizer-lhe tudo o que vale a pena saber, fazer e visitar em Pombal.

vista sobre Pombal

ONDE FICA POMBAL?

Se mora em Lisboa, vai precisar de 1h43 (pela autoestrada) para chegar a Pombal (170 quilómetros). Se mora no Porto, demorará 1h29 para fazer a viagem que liga a cidade do Porto à cidade de Pombal (160 quilómetros de distância).

O QUE VISITAR EM POMBAL?

A lista de atrações é extensa. Preparámos-lhe um mapa para poder organizar com mais eficiência a sequência das suas visitas. Esperamos que lhe seja útil!

CASTELO DE POMBAL

O castelo de Pombal fez parte da chamada “cintura defensiva do Mondego”, a qual integrava também as fortificações defensivas de Soure, Penela, Miranda do Corvo, Arouce, Germanelo e Montemor. Foi erigido com o objetivo de vigiar e proteger as vias de acesso à cidade de Coimbra. Era o ponto de defesa mais avançado da famosa linha de defesa do Mondego. A sua localização estratégica fez deste castelo um elemento fulcral do processo defensivo.

A povoação de Pombal teve origem quando foi mandado construir o seu castelo (por ordem de Gualdim Pais entre 1156 e 1171 – ninguém sabe ao certo a data exata). No seu interior, foram construídas estruturas que se destinavam à vida do clero (uma igreja e um templo). Foi atacado durante a invasão francesa e foi fortemente danificado. Permaneceu num estado ruinoso durante longos anos.

castelo de pombal

No século XX, foi alvo de um restauro que culminou na estrutura que hoje podemos admirar. Um castelo digno da sua visita e que é uma presença assinalável na envolvência da cidade.

HORÁRIO: De Abril a Setembro: das 10-13h e das 14-19h | De Outubro a Março: das 10-13h e das 14-17h

IGREJA MATRIZ DE POMBAL

A igreja matriz de Pombal é um monumento muito antigo. Sofreu uma renovação em 1520 e outra no ano de 1816 (depois de ter sido devastada pelas invasões francesas). O exterior do monumento é bastante simples e contrasta com um interior muito belo. Em 1323 o rei dom Dinis e dom Afonso (seu filho) assinaram um tratado de paz com intermediação da rainha Santa Isabel. Este facto histórico está retratado num painel de azulejos no interior da igreja.

igreja matriz de pombal

PRAIA DO OSSO DA BALEIA

O curioso nome da praia (osso da baleia), está relacionado com o surgimento de um ossada de baleia que ali deu à costa no principio do século XX. Ostenta o galardão de “praia Dourada” desde 1998. A distinção deve-se às suas características naturais únicas (características geológicas, faunísticas e florísticas). Desde 2004 que tem “bandeira azul”, título que comprova a qualidade da praia (água e areal). Se gosta de caminhar, vai ficar contente por saber que por aqui passam o “trilho da Lagoa de São José” e o “Trilho da Baleia verde”.

PRAIA DO OSSO DA BALEIA

É também considerada uma “praia acessível” por oferecer infraestruturas para aqueles que têm mobilidade reduzida.

MUSEU MARQUÊS DE POMBAL

O museu Marquês de Pombal foi fundado em 1978 e abriu ao público no dia 8 de Maio de 1982 (precisamente 2 séculos após a morte do Marquês cujo nome era Sebastião José de Carvalho e Melo). Encontra-se nos Paços do concelho (antigo convento de Santo António). A coleção foi doada por um particular sob condição de ser criado um museu. Este teria a obrigação de conservar e promover os artigos doados e deveria ser chamado de museu Marquês de Pombal.  

MUSEU MARQUÊS DE POMBAL

Em 2004, o espólio foi transferido para a Cadeia velha a qual sofreu profundas renovações de forma a albergar o museu. A cadeia e o museu são duas importantes atracções turísticas muito visitadas na cidade de Pombal.

AQUAPARQUE PANORÂMICO

O parque aquático de Pombal tem 6 escorregas diferentes. Por se encontrar localizado numa zona elevada, oferece a quem o visita uma vista magnífica da serra que se estende até ao mar. O aquaparque de Pombal abre as suas portas no início de Junho e encerra nos últimos dias de Setembro. O parque disponibiliza área de cacifos e balneários, bar, duche e jacuzzi, uma piscina semi- olímpica, uma área ampla de relaxamento e uma capacidade até 7000 pessoas.

AQUAPARQUE PANORÂMICO POMBAL

Tem várias opções de preços que começam nos 6€. Caso queira obter mais informações consulte o site do parque.

MUSEU DE ARTE POPULAR PORTUGUESA

O museu de Arte popular teve a sua origem na Exposição do Mundo Português (em Belém, Lisboa) em 1940. Nesse tempo, Salazar mandou construir um pavilhão dedicado à “Vida Popular”. O museu que hoje existe é uma reformulação desse pavilhão. Foi concebido por António Ferro (responsável pela propaganda do Estado Novo) em 1946 e abriu portas de 1948.

museu de arte popular pombal

Os diferentes espaços do museu recriam as diferentes regiões de Portugal. Lá, poderá ver murais que recriam cenas da vida portuguesa. Cenários que evocam o povo em festa, o povo no seu quotidiano ou nos atos de fé (romarias).

Não se esqueça também de observar as paredes exteriores do museu. Lá, poderá observar cenas rurais elaboradas através de construções de baixo relevo.

MONUMENTO AO EMIGRANTE DE POMBAL

É um monumento que homenageia os emigrantes de Pombal. É formado por três estátuas que representam uma família de emigrantes num cais de embarque com o formato de Portugal. As estátuas estão assentes em pedra e a obra foi inaugurada em 2004.

MONUMENTO AO EMIGRANTE POMBAL

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO CARDAL

Igreja barroca mandada erigir no século XVII pelo Conde de Castelo Melhor. A fachada é imponente e bela. No interior da igreja, as colunas da capela-mor atraem todas as atenções.

IGREJA NOSSA SENHORA DO CARDAL

Foi nesta igreja que esteve Marquês de Pombal. O marquês morreu em 1782 e o seu corpo só foi transladado em 1856 por ordem de um neto. Desde então que os seus restos mortais se encontram na Ermida da Mercês em Lisboa.

IGREJA DE SÃO MARTINHO

É a igreja matriz de Pombal. Monumento muito antigo que foi reconstruído em 1520. Em 1816 foi fortemente renovada como consequência da devastação das tropas francesas (revolução Francesa).

IGREJA DE SÃO MARTINHO POMBAL

As paredes exteriores da igreja são muito simples. Contrastam com um interior muito rico e muito belo. Em 1323, dom Dinis e o seu filho (Dom Afonso) assinaram nesta igreja um tratado de paz. Este evento histórico está representado num enorme painel de azulejos modernos que se encontra por cima do arco. A capela lateral chama-se Nossa senhora da Piedade e foi construída em 1551.

MATA NACIONAL DO URSO

O nome da Mata deve-se a uma lenda que descreve uma eventual luta entre Dom Dinis e um urso. A igreja rainha Santa Isabel (em Coimbra) tem uma imagem que faz alusão a esta história.

É uma enorme área florestal que fica entre Pedrógão e a Leirosa. O pinheiro domina a paisagem (apesar do eucalipto também estar presente). O pinhal foi plantado em tempos idos com o objetivo de conservar as dunas e construir as embarcações que foram utilizadas na época dos descobrimentos.

mata nacional do urso pombal

Dom Afonso III começou a plantação dos pinheiros no século XIII mas foi Dom Dinis que intensificou este processo. Nesta mata podemos encontrar coelhos bravos, raposas, perdizes, melros, rolas,…

Se gosta de caminhar, encontrará dentro da Mata do urso o trilho da Lagoa de São José e o trilho da baleia verde. A Lagoa dos linhos (e os maravilhosos aromas que a envolvem) é também uma atracção desta zona florestal.

PARQUES DE MERENDAS

O município de Pombal tem diversos parques de merendas de grande qualidade. A saber: Parque Verde do Açude, Parque de Lazer do Vale da Sobreira, Parque do Cotrofe, Parque de Lazer da Ilha, Parque da Fonte da Pedra.

QUINTA DA GRAMELA

A quinta da Gramela fica a 3 quilómetros de Pombal Foi erigida no século XVII e herdade pelo (bárbaro) Marquês de Pombal que a utilizava como casa de campo. Uma casa senhorial de dois andares, uma capela e pátio que que albergava os criados do Marquês e de zona de arrumos. Hoje em dia a Quinta é utilizada como espaços de eventos: casamentos e batizados.    

quinta da gramela Pombal

PONTE ROMÂNICA DA REDINHA

De Pombal à ponte românica de Redinha distam 12 quilómetros, uma distância que se percorre em 12 minutos de carro. Mais uma ponte construída pelos Romanos em Portugal. Constituída por 3 arcos. Fica num local muito agradável e que convida a um passeio. Muito bonita.

Ponte Românica da Redinha perto de Pombal

SERRA DE SICÓ

A serra eleva-se até aos 553 metros e é fabuloso exemplar de uma paisagem cársica (formações de calcário). Destacam-se as grutas de irrompem serra dentro e conferem à serra uma beleza singular. Uma serra verdejante (o pinheiro manso é rei nesta zona) com trilhos pedestres. Uma ótima opção para um passeio depois de um almoço bem regado.

SERRA DE SICÓ

ALDEIA DO VALE

A Aldeia do Vale fica junto à serra de Sicó. Um lugarejo que remonta à idade média e que ostenta o título de aldeia mais antigo da região. Apresenta-se com uma arquitetura de pedra calcária. As suas principais atrações são a capela, o fontanário e o bebedouro de animais (com mais de 1 século e renovado em 1997).

aldeia do vale

IGREJA DO CONVENTO DO LOURIÇAL

A construção do convento iniciou-se em 1690 mas a conclusão da obra teve lugar já no século XVIII. O convento (dedicado ao Santíssimo Sacramento) funcionou até 1911. Após esta data, albergou a GNR e foi mais tarde vendido às monjas Clarissas. A igreja é de grandes dimensões, o seu exterior é muito simples e no interior destaca-se o teto (onde podemos ver uma pintura com a representação da consagração da hóstia) e as paredes da nave (revestidas a azulejo).

IGREJA DO CONVENTO DO LOURIÇAL

VALE DO POIO

Vale do Poio é um sítio para aventureiros e pastores! É muito pouco conhecido pela maioria das pessoas (mesma aquelas que habitam em Pombal). Este facto explica a proliferação da fauna da região. Um caminho pedestre que atravessa uma vegetação diversa e onde se pode cheirar aromas singulares. Um caminho pedestre cheio de singularidades geomorfológicas e onde também se pode visitar a capela de nossa senhora da estrela.

VALE DO POIO

PLANETAS DOS GAIATOS

Saltar, escorregar, trepar em Pombal! O planeta dos gaiatos faz a alegria da pequenada. Um local de diversão interior para meninos e meninas entre o 1º e o 12º ano de idade. Escorregas, insufláveis, piscinas de bolas e muito mais. Magnífico para cansar as crianças e descansar os pais! Espaço muito limpo e com pessoas simpáticas.

planeta dos gaiatos em Pombal

TEATRO-CINE DE POMBAL

O teatro-cine de Pombal foi erigido por um grupo de cidadãos que, depois dum ciclone ter devastado o velhinho teatro de madeira, decidiu construir o teatro-cine nos anos 40 do século passado. Um espaço bonito, com boas condições, uma atmosfera simpática e uma programação interessante. Todo o pessoal é de uma simpatia extrema.

TEATRO CINE DE POMBAL

FESTAS DO BODO EM POMBAL

São as festas mais importantes de Pombal e têm lugar em Julho/Agosto. As suas origens são tão remotas que se esfumaram com a passagem do tempo. Reza a lenda que as festas têm uma relação com uma praga de gafanhotos e lagartos que atacou Pombal. Para se verem livres da bicharada, os pombalenses foram à igreja de São Pedro e lá começaram as suas rezas que terminaram na capela de Nossa Senhora de Jerusalém. Prometeram uma festa a nossa senhora caso esta os livrasse da praga. Tiro e queda! Na manhã seguinte nem sinal dos verdinhos! Assim nasceram as festas do Bodo! Espetacular!

festas do bodo pombal

VISITA VIRTUAL AO CASTELO DE POMBAL

O QUE VISITAR PERTO DE POMBAL?

A lista de locais a visitar em Pombal é bastante extensa. Para que possa ver com calma tudo o que merece ser visto, sugerimos uma estadia de 3 dias. Se lhe sobrar algum tempo ou caso fique em caminho, sugerimos que visite também os locais que se seguem. Todos eles são imperdíveis.

NAZARÉ (perto de Pombal)
NAZARÉ (CLIQUE NA IMAGEM)

49 minutos e 63 quilómetros separam Pombal da Nazaré. Hoje em dia é impossível falar da Nazaré sem falar de ondas gigantes e dos milhares de pessoas que atrai todos os anos. Mas há muito mais para ver nesta vila portuguesa. Se aceitar a nossa sugestão não se esqueça de ver também: o sítio da Nazaré, a Ermida, o miradouro do Suberco, o forte de São Miguel Arcanjo e a Pederneira. Mas há muito mais coisas para ver e fazer. Se quiser saber tudo sobre este fantástico local, clique na imagem e terá acesso ao nosso artigo sobre a Nazaré.

Figueira da Foz (perto de Pombal)
FIGUEIRA DA FOZ (CLIQUE NA IMAGEM)

De Pombal à Figueira da Foz distam 51 quilómetros, uma distância que se percorre em 34 minutos de carro. É na rainha da Costa de Prata que encontramos uma das mais impressionantes praia do país: a praia da claridade. Se visitar a Figueira não se esqueça de ver também: o Forte de Santa Catarina, o Farol do Cabo Mondego, o farol Velho, as Lagoas da Mata Nacional, o Casino da Figueira, Palácio Sotto Mayor e o museu municipal doutor Santos Rocha. Clique na imagem para ler o nosso artigo sobre a Figueira.

Ferreira do Zêzere (perto de Pombal)
FERREIRA DO ZÊZERE (CLIQUE NA IMAGEM)

Para ir de Pombal a Ferreira do Zêzere vai precisar de apenas 45 minutos (uma distância de 59 quilómetros). Uma pequeníssimo esforço para ficar a conhecer um local absolutamente arrebatador. Uma pérola escondida digna de um conto de fadas. Paisagens verdejantes de cortar a respiração, a incrível península de Dornes, passeios pedestres, monumentos, gastronomia, a simpatia dos locais. Um local que tem estar no topo da sua lista de sítios a visitar. Clique na imagem para ler o nosso artigo sobre Ferreira do Zêzere.

Tomar (perto de Pombal)
TOMAR

53 minutos e 73 quilómetros é a distância que separa Pombal da cidade de Tomar, um lugar misterioso e belo. Quando pensamos em Tomar pensamos em templários e cavaleiros. Pensamos em castelos, no incrível Convento de Cristo e em todas as histórias e lendas que por lá resistem à passagem do tempo. Visitar Tomar é muito mais do que um passeio. É uma viagem ao passado e uma jornada de conhecimento e cultura. Mas Tomar ainda tem mais para oferecer: praias fluviais, paisagens verdejantes e uma vasta oferta gastronómica e hoteleira. Um local perfeito para passar um fim de semana!

HISTÓRIA DE POMBAL

Nenhum historiador identificou com clareza a data exata do primeiro aglomerado de habitantes nesta região. É provável que os primeiros grupos a habitar a região o tenham feito na época do Neolítico (do século X ao século III AC). Muito mais consensual é a aceitação da presença de romanos na região. Nas obras de restauro do castelo, foram encontradas várias moedas que atestam esta presença na região.

Em 1174, a Ordem do Templo atribui foral a Pombal e uma carta de privilégios em 1181. Em 1509, Dom Manuel mandou restaurar o castelo e concedeu um novo foral à cidade em 1512. O todo o poderoso Marquês de Pombal viveu aqui entre os anos de 1777 e 1782. Foi responsável pela ordenação urbanística da área baixa da cidade e mandou construir a cadeia, a praça velha e o celeiro).

Em 1811, as invasões francesas destruíram quase na totalidade a povoação. Vinte e dois anos mais tarde (1833), foi a vez da cólera-morbus finalizar aquilo que os franceses tentaram: fazer de Pombal um lugar fantasmagórico!

A estrada ficou totalmente destruída e quem mandava preocupou-se apenas nas ligações marítimas a vapor entre Lisboa e o Porto. Esta decisão, isolou completamente a vila.

Foi necessário esperar até 1855, para que os caminhos de ferro restabelecessem a ligação de Pombal com as principais cidades do país. Na 2ª metade do século XX, tudo mudou! A sua localização central no país levou novas estradas e indústrias à região. A construção, o comércio e os serviços dispararam! Atualmente é uma das mais prósperas cidades do centro do país.

GASTRONOMIA EM POMBAL

Em Pombal é obrigatório experimentar o bacalhau à Marquês de Pombal e o Arrubacão (feijão, arroz, carnes, queijo qualho e coentros) .

ARRUBACÃO POMBAL

Se gosta de sobremesas, não deixe de provar as arrufadas, os bolos de rodilha, os biscoitos de azeite, os pastéis do Louriçal e o bolo de noz.  

RESTAURANTE O MANJAR DO MARQUÊS

Apresenta-se como um restaurante de 2 cifrões (€€) num máximo de 3. Tem mais de 5270 (!!) comentários no Google e uma classificação geral de 4.3 (num máximo de 5 estrelas).

O arroz de tomate e os bolinhos de bacalhau são muito elogiados.

Preço aproximado: 20€ por pessoa.

HOTÉIS EM POMBAL

CARDAL HOTEL

Hotel de 3 estrelas (mas com aparência de 4 estrelas). Fica a 3 minutos (a pé) da estação de comboios de Pombal e a 8 minutos do castelo. Conta com 350 comentários no Google e uma classificação geral de 4.5 estrelas (num máximo de 5). Os quartos são muito grandes, muito elegantes e com terraço.

cardal hotel pombal

Tem (provavelmente) a melhor relação de preço-qualidade da cidade.

SE GOSTOU DESTE ARTIGO TAMBÉM VAI GOSTAR DE…

FERREIRA DO ZÊZERE
VILA DE REI