PONTE da BARCA: uma PÉROLA do Alto Minho! (2021)

Ponte da Barca é uma terra bela e cheia de contrastes no coração do Alto Minho! Uma parte substancial do seu território está encaixado no Parque Nacional Peneda Gerês, motivo pelo qual ostenta o galardão de Reserva Natural da Biosfera.

PONTE DA BARCA

Vila abraçada pela Serra Amarela e banhada pelo rio Lima. Na origem do seu nome, esteve a “barca” que ligava as margens do rio Lima e que transportava, entre outros, os peregrinos de Santiago de Compostela. A ponte foi erigida posteriormente e foi-lhe atribuído o nome de São João de Ponte da Barca.

Terra de grande riqueza natural e de casas apalaçadas. Tem muitos pontos de interesse para quem a visita: gastronomia, praias fluviais, arte popular, vinhos, animação e história. Neste artigo vamos dizer-lhe tudo o que não pode perder no coração do Alto Minho!

PONTE DA BARCA

ONDE FICA PONTE DA BARCA?

Se mora no Porto e se vai deslocar-se de carro, precisará de apenas 1h03 para aqui chegar (100 quilómetros de distância). Caso more em Lisboa, conte com 3h40 e uma distância de 408 quilómetros.

O QUE VISITAR EM PONTE DA BARCA?

A região onde está situada Ponte da Barca é uma região de uma ENORME riqueza natural e patrimonial. Para que possa organizar os seus passeios de uma forma mais organizada e eficiente, preparámos um mapa com as principais atrações nas imediações de Ponte da Barca. Algumas das nossas sugestões ficam um pouco mais afastadas da vila. Mas acreditamos que o desvio vale a pena! Esperemos que o mapa que se segue o ajude a definir a sua sequência de passeios!

CENTRO HISTÓRICO DE PONTE DA BARCA

Não deixe de passear a pé pelo centro histórico da vila. Lá encontrará uma concentração de atracções turísticas: o antigo mercado setecentista, a ponte medieval, o cruzeiro do curro, o Pelourinho, a igreja matriz, a fonte barroca de São João, a fachada da casa de Farias, a igreja da misericórdia e o edifício dos Paços do Concelho.

centro histórico de ponte da barca

SUGESTÃO DE PERCURSO PEDESTRE PELO CENTRO HISTÓRICO

Comece o seu passeio a pé na Fonte barroca de São João. Siga na direção do cruzeiro e passe pela bela Azenha. Desfrute o passeio e, pelo caminho, aproveite para conhecer a casa do relógio do Sol, a igreja da misericórdia e as casas do lago da guarda florestal. Esta breve mas encantadora caminhada culminará na igreja Matriz e perto da casa de Farias (já muito próximo do seu local inicial de partida (a Fonte Barroca de São João).

RIO LIMA

O rio Lima nasce na Galiza (Espanha) a uma altura de 975 metros de altitude. Percorre 41 quilómetros em terras espanholas antes de entrar no Norte de Portugal. O curso de água entra em continente português perto do Lindoso. Atravessa o alto Minho e passa por Ponte da Barca, Ponte de Lima  e desagua no oceano perto de Viana do Castelo (no total, o rio percorre 135 quilómetros).

PASSAGEM DO RIO LIMA

Foi num dia chuvoso e frio que visitei Ponte da Barca nos primeiros dias de Janeiro de 2018. Adorei conhecer o lugar mas nada não me deu tanto prazer como ver correr o rio Lima pelos pilares da ponte e pelas pequenas quedas de água. Mesmo à chuva, gastei largos minutos a ver, a ouvir e a sentir a passagem do rio. Ficou-me na memória!

PONTE MEDIEVAL

É a imagem de marca do concelho! As paisagens verdejantes das serras, das montanhas e do rio Lima, formam uma paisagem idílica de enorme beleza.  Foi nos séculos XII e XIII que os locais começaram a abandonar os locais elevados (e fortificados) e começaram a descer até aos rios. Foi neste período que nasceu a povoação de Ponte da Barca. Inicialmente atravessada apenas de Barca e depois com a sua (ainda hoje) famosa e belíssima ponte (século XIV). A ponte medieval concedeu a Ponte da Barca um importantíssimo valor comercial pois era por aqui que as mercadorias passavam.

PONTE MEDIEVAL

Foi construída durante a primeira metade do séc. XV e tem uma extensão de 180 metros. É formada por dez arcos mas da construção medieval conserva apenas 8 deles. Nos séculos XVIII e XIX foi fortemente renovada. No centro podemos encontrar duas lápides: uma delas com a esfera armilar e a outra com as armas. A sua estrutura e arquitectura segue o modelo da ainda mais famosa ponte de Ponte de Lima.

Antes da existência da ponte, o local era chamado de Barca (pelo facto da travessia do rio ser feita exclusivamente desse modo). Como já referimos anteriormente, o nome foi depois atualizado para Ponte da barca, um nome que passou a integrar a história e a evolução do local.

IGREJA MATRIZ DE PONTE DA BARCA

A construção da igreja Matriz de Ponte da Barca (também chamada de Igreja de São João Batista), teve início no século XVI. A igreja apresenta uma nave única com seis capelas laterais. O monumento foi alvo da ira do exército espanhol durante o século XVII (as obras de renovação da igreja aconteceram em 1703). O interior é muito rico e merece uma visita atenta. Destacam-se o altar-mor com um estilo barroco e a capela das Dores por ser revestida a azulejo.

Igreja matriz de Ponte daa Barca

CAPELA DE NOSSA SENHORA DA LAPA

A Capela foi construída durante o século XVII e renovada no século XVIII. O exterior é singelo mas o seu interior é bastante bonito com ornamentos dourados que justificam uma visita.

CAPELA DE NOSSA SENHORA DA LAPA PONTE DA BARCA

IGREJA MANEIRISTA DA MISERICÓRDIA

Foi erigida em 1534 e é uma das igrejas mais antigas do país. Foi renovada entre 1822 e 1844. A fachada tem um estilo rococó. O interior é composto por diversos elementos onde se destacam uma talha da “Última Ceia” e os azulejos que revestem as paredes do monumento.  

IGREJA MANEIRISTA DA MISERICÓRDIA PONTE DA BARCA

PRAIA FLUVIAL DE PONTE DA BARCA

Uma praia simpática onde pode passar um dia agradável na companhia de amigos ou de familiares. É das praias fluviais mais procuradas naquela região do país e é no rio Lima que poderá dar uns mergulhos (a qualidade da água é excelente). A envolvência é idílica e os montes e serras verdejantes não o vão deixar indiferente. Caso goste de desportos náuticos, vai gostar de saber que neste local terá oportunidade para o fazer.

Na praia fluvial de Ponte da Barca, terá à sua disposição um relvado enorme onde poderá estender a sua toalha de praia e relaxar. Caso prefira a areia, saiba que a praia também oferece um areal a quem a visita. Tem diversas estruturas e serviços de apoio (casas de banho, cafés, duches, área de primeiros socorros e nadadores salvadores). Se for um amante de piscinas, também aqui encontrará solução. Na área há uma piscina natural e um parque para crianças.

PRAIA FLUVIAL PONTE DA BARCA

Por fim, de referir que a praia também é muito famosa por ser acessível a pessoas com mobilidade reduzida.

SERRA AMARELA

A serra Amarela eleva-se até aos 1361 metros e cobre um vasto território entre Terras de Bouro e Ponte da Barca. A enorme beleza da serra atinge o seu clímax entre os meses de Abril e Maio. Um local magnífico para os amantes de caminhadas que aqui encontrarão alguns trilhos pedestres que o levarão por paisagens deslumbrantes.

A história da presença humana nesta região é testemunhada pela presença de vestígios arqueológicos, relacionados com as atividades da pastorícia (Fojo do Lobo de Vilarinho da Furna e Fojo do Lobo da Aldeia de Brufe), e da defesa da fronteira (complexo defensivo da Chã do Salgueiral).  

serra amarela

ESPIGUEIROS DO SOAJO

De Ponte da Barca aos Espigueiros do Soajo distam 21 quilómetros que se percorrem em 29 minutos de carro. Os espigueiros eram e ainda são utilizados para secar o milho! São 24 lajes de granito que se assumem como uma grande atração turística. Para além de poder ver estas estruturas únicas, poderá (e deverá) também apreciar a magnífica paisagem para o verde da serra!

O espigueiro mais antigo data de 1782 e as 24 unidades têm diferentes idades. Foram colocados estrategicamente numa elevação para dificultar o acesso aos animais. As rodas de pedra das lajes dificultam o acesso aos roedores. No topo de cada espigueiro encontramos uma cruz que atesta a devoção religiosa da população.

espigueiros do soajo

POÇO DA GOLA

27 minutos de carro e 23 quilómetros separam Ponte da Barca do Poço da Gola. É uma pequena comporta artificial para onde corre a água que desce da Serra Amarela. É alimentada pela queda de água da Gola e pela queda de água da Saxoeira. Um sítio de grande beleza

poço da gola

TRILHO DA ÁGUIA DO SARILHÃO

De ponte da Barca ao Trilho da Águia do Sarilhão distam 37 quilómetros, uma distância que se percorre numa hora de carro.

Este trilho começa e termina na freguesia de Campo do Gerês. Ao longo do trilho passará por vales, albufeiras, matos e pinhais. Uma oportunidade excelente para ver a Fraga do Sarilhão (uma estrutura rochosa onde no passado as águias reais faziam os seus ninhos), para admirar algumas habitações que ainda conservam uma arquitetura tradicional, e os famosos espigueiros.

TRILHO DA ÁGUIA DO SARILHÃO

O trilho tem algumas descidas difíceis e por esse motivo desaconselhamos a aventura a pessoas com qualquer tipo de limitação motora. Evite também as épocas de chuva e nevoeiro intensos.

IGREJA DE SANTO ANTÓNIO DE MIXÕES DA SERRA

De Ponte da Barca à igreja de Santo António de Mixões da Serra distam 16 quilómetros, uma distância que se percorre em 25 minutos de carro. A igreja abriu as suas portas aos fiéis em 1952 e foi graças à bravura e ao trabalho da população que a mesma se ergueu. O templo substituiu uma capela que datava do século XVII. Foi construída em homenagem a Santo António pela sua proteção aos animais. Ainda hoje é o local onde se realiza a famosa “Benção dos Animais”, uma romaria anual que leva muita gente (e muitos animais!) a esta localidade.

IGREJA DE SANTO ANTÓNIO DE MIXÕES DA SERRA

BOM JESUS DAS MÓS

De Ponte da Barca ao monumento do Bom Jesus das Mós distam 31 quilómetros, uma distância que se percorre em 56 minutos de carro. A sua construção iniciou-se em 1902 e foi inaugurado em 1913. Assemelha-se a uma torre de menagem de um castelo e é um monumento dedicado ao Sagrado Coração de Jesus. O Bom Jesus das Mós deve a sua existência ao Padre Manuel José Martins Capela (1842-1925), que nunca desistiu da ideia e que conseguiu reunir fieis e locais neste belo e difícil projeto. Para levar a estátua do Sagrado Coração de Jesus entre Braga e Carvalheira, foram necessários 4 dias de transporte!

BOM JESUS DAS MÓS

MUSEU DA GEIRA

37 quilómetros e 59 minutos separam Ponte da Barca do Museu da Geira. Um museu dedicado a uma estrada militar romana do século XVIII que ligava Braga a Astorga (Espanha) num caminho de 215 milhas (romanas). Os temas do museu são a forma como a via foi planeada e como foram construídas as pontes e as vias da estrada militar.

museu da geira

Sugerimos que complemente a sua visita com um passeio pela Geira, um trilho que se inicia a 2,3 quilómetros do museu.

geira romana

PONTE DA LADEIRA

21 quilómetros e 29 minutos separam Ponte da Barca da bela Ponte da Ladeira. Fica a 900 metros de distância dos espigueiros de Soajo. Para lá chegar deve usar o “caminho da Ladeira”. Um percurso estreito, com subidas e descidas, curvas e contracurvas mas de uma grande beleza. Uma excelente oportunidade para admirar (e ouvir) os pássaros e a observar a vegetação local (Giesta, o Urze, a Acácia e o Carvalho). Uma vez chegado à ponte, ouça o silêncio e desfrute da beleza e da tranquilidade da paisagem. Se o tempo estiver quente, aproveite para dar uns mergulhos!

ponte da ladeira

HISTÓRIA CONCISA DE PONTE DA BARCA

À semelhança de outras povoações desta região do país, os vestígios arqueológicos humanos encontrados em Ponte da Barca são muito antigos e apontam a época pré-histórica. Como sabe, a pré-história data dos princípios dos tempos até à invenção da escrita (3500 AC).

Alguns vestígios arqueológicos apontam para aglomerados de casas pré-romanas. Mas é com a chegada dos Romanos a esta região que são construídas diversas estruturas que sobreviveram à erosão provocada pelo tempo. Ainda hoje podemos ver moedas, peças de cerâmica e esculturas desse tempo da história. Entre os vestígios romanos encontrados, temos de destacar a Pedra dos namorados (Ermida) que ainda pode ser vista no museu da freguesia.

A PEDRA DOS NAMORADOS ERMIDA

OUTRAS ATRAÇÕES PERTO DE PONTE DA BARCA

Nas imediações de Ponte da Barca, há IMENSOS locais de grande interesse. Se tiver tempo não deixe de os visitar! Para que possa planear a sua viagem com maior eficiência, preparámos-lhe MAIS um mapa. Esperamos que lhe seja útil!

CASTELO DE LINDOSO

Situado junto à fronteira, foi um monumento militar de grande importância na estratégia defensiva da nação. A sua arquitetura militar foi pioneira e introduziu inovações técnicas e de estilo na história medieval militar portuguesa.

O castelo foi erigido no reinado de Dom Afonso III, o Bolonhês (1210 – 1279). No século XVII, durante o período da Restauração da independência, o castelo sofreu melhorias de forma a dotá-lo de um sistema militar de maior complexidade.  Estas obras duraram décadas e foram completadas em 1666 (três anos depois de perdermos a independência para os espanhóis).

CASTELO DE LINDOSO

Já no século XX, o castelo foi considerado por Salazar como monumento emblemático e foi alvo de restaurações (durante os anos 40 do século XX). Nesta fúria regeneradora, foram destruídas algumas estruturas no pátio do castelo.

ESPIGUEIROS DE LINDOSO (freguesia de Ponte da Barca)

Perto do castelo de Lindoso (e também a apenas 25 minutos de Ponte da Barca), encontrará um local com 50 espigueiros que datam dos séculos XVII e XVIII.

espigueiros de lindoso

Totalmente feitos em pedras e com uma coberta de granito, os espigueiros estão apoiados em pequenos pilares que, por sua vez, estão em cima de rochas.  A forma como foram construídos permitia arejar o milho de forma a evitar o seu apodrecimento.

ESPIGUEIROS DE LINDOSO

É um local único e emblemático. Imperdível!

ALDEIA DE GERMIL

Se gosta de visitar aldeias remotas, tem em Germil uma magnífica opção! Partindo de Ponte da Barca, são 20 quilómetros de distância (31 minutos de carro). Localizada na serra Amarela, a aldeia mantém a sua atmosfera rural e a vida em comunidade. Um conjunto de casas típicas, ligadas por ruas estreitas e ladeadas por nascentes de água que por todo o lado jorra.

Aldeia de Germil concelho de Ponte da Barca

Apesar de pequena, a aldeia conta com uma igreja que data do ano de 1880 e uma azenha (uma roda de irrigação).

ALDEIA DE ERMIDA

Saindo de Ponte da Barca são 29 minutos de carro e 19 quilómetros de distância.

A aldeia da Ermida tem um elevado número de casas com cobertura de colmo e feitas de forma muito rudimentar (com pedras soltas). O tempo parece não passar na aldeia da Ermida. É um local perfeito para parar, descansar e reflectir. Apesar de pequena, a aldeia ainda encontrou espaço para uma erigir uma igreja (construída no século XVIII) e um memorial (do século XII).

ALDEIA DA ERMIDA PONTE DA BARCA

MOSTEIRO DE BRAVÃES

Localizado na freguesia de Bravães (concelho de Ponte da Barca). Começou por ser um mosteiro de frades (da ordem de São Bento). No final do séc. XII, passou para a ordem dos templários.

É um monumento religioso magnífico e é considerado uma obra prima da arte românica Portuguesa (a arte românica foi a arte que dominou na Europa entre os séculos XI e XIII).  É Monumento Nacional desde 1910 e é o mais vibrante mosteiro deste estilo arquitectónico do país.

IGREJA DE BRAVÕES

Em 2019, a igreja foi assaltada. Os larápios conseguiram entrar através de uma porta lateral e roubaram as imagens dos santos que ornamentavam o interior do mosteiro. Dois meses depois do assalto, as peças roubadas foram recuperadas.

VIAGEM VIRTUAL A PONTE DA BARCA

GASTRONOMIA

Se é um “bom garfo” então Ponte da Barca não o vai desiludir. Os magníficos produtos regionais dão um importante contributo à qualidade da gastronomia local. Uma combinação entre aquilo que o rio oferece e aquilo que a terra fértil dá. O resultado é uma magnífica oferta gastronómica.

A oferta é sazonal, ou seja, durante a época da “matança do porco” encontrará nos restaurantes da região mais pratos associados a esta tradição.

Em Ponte da Barca destacamos os seguintes pratos:

Carne: papas de Sarrabulho, cabrito, Cozido à portuguesa, posta Barrosã.

Peixe: lampreia, sável e truta.

Doces: leite creme, rabanadas de mel e doces à base de ovos e pão de ló, queijadas de laranja.

Os eventos gastronómicos dão um importante contributo ao turismo local por atraírem muitos visitantes. A título de exemplo, aqui fica um programa anual recente:

 – Domingo Gastronómico do Cozido à Portuguesa (fevereiro)

– Domingo da Lampreia (março)

– Domingo do Cabrito à Serra Amarela (abril)

– Fim de semana da Posta Barrosã (maio)

– Domingo do naco à terras da Nóbrega (outubro)

– Domingo gastronómico do Sarrabulho (novembro)

RESTAURANTES em PONTE DA BARCA

VAI À FAVA

Restaurante de 2 cifrões (num máximo de 3). Mais de 280 comentários e uma classificação geral de 4.5 (num máximo de 5 estrelas). Os comentários positivos referem insistentemente a simpatia do pessoal, a vista para o rio e a qualidade da comida (são muitas as referências a muitos pratos diferentes). O preço parece ser adequado à qualidade (prepare cerca de 23€ por pessoa).

HOTEIS EM PONTE DA BARCA

O Tempus hotel fica a 6 minutos (de carro) de Ponte da Barca. É um hotel de 4 estrelas com mais de 900 comentários no Google e com classificação geral de 4,5 (num máximo de 5). Os comentários mencionam com insistência o tamanho dos quartos e a decoração. Também a vista, a piscina e a simpatia do pessoal são muito elogiados.

AINDA MAIS SUGESTÕES NAS IMEDIAÇÕES DE PONTE DA BARCA

Um pouco mais afastados mas ainda nas imediações de Ponte da Barca, há MAIS lugares mágicos que não pode deixar de conhecer. Sugerimos mais 4 locais magníficos! Esperemos que gostem das nossas sugestões!

PONTE DE LIMA
PONTE DE LIMA

De Ponte da Barca a Ponte de Lima distam 25 quilómetros, uma distância que se percorre em 31 minutos de distância. Ponte de Lima é provavelmente o sítio mais bonito de Portugal Continental. Absolutamente imperdível! Caso queira saber mais sobre Ponte de Lima, clique na imagem!

PAREDES DE COURA
PAREDES DE COURA

31 quilómetros e 40 minutos separam Ponte da Barca a Paredes de Coura. Paredes de Coura é uma vila verdejante, repleta de história, beleza e tranquilidade! O cristalino Rio Coura é o expoente máximo desta região! Se gosta de história e se tem curiosidade pelas origens do nosso país, encontrará em Paredes de Coura  monumentos megalíticos e construções castrejas que comprovam a presenças humana neste local destes tempos muitos remotos.

PARQUE NACIONAL PENEDA GERÊS
PARQUE NACIONAL PENEDA GERÊS

Apenas 10 quilómetros e 13 minutos separam Ponte da Barca do parque mais fabuloso de Portugal, o Parque Nacional Peneda Gerês. Uma região montanhosa, com grandes elevações e vales profundos. Um local com uma enorme riqueza animal e vegetal onde poderá passear, descansar, refletir e recuperar energias. Imperdível!

BRAGA
BRAGA

De Ponte da Barca a Braga distam 37 quilómetros, uma distância que se percorre em 45 minutos. Braga é uma cidade vibrante e com uma enorme energia positiva. É também a cidade dos arcebispos, uma cidade com um elevadíssimo número de igrejas, mosteiros e catedrais que se traduz numa imensa riqueza patrimonial. A não perder!

SE GOSTOU DESTE ARTIGO TAMBÉM VAI GOSTAR DE…

MONTALEGRE
VILA NOVA DE CERVEIRA