Portinho da Arrábida: Guia para um lugar Mágico! (2021)

52 Minutos (46,5 quilómetros)! É tudo o que precisa para ir de Lisboa até um lugar Mágico: o Portinho da Arrábida!

PORTINHO DA ARRÁBIDA

Pertence ao distrito de Setúbal e a sua praia (a praia do Portinho da Arrábida), é a grande atração turística desta pequena localidade. É um pequeno areal junto à pequena povoação (aldeia) do Portinho da Arrábida. Fica no sopé da Serra entre outras praias (Creiro e Alpertuche) da região. Tal como em toda esta área, as águas são calmas, límpidas, frias e perfeitas para quem gosta de mergulhar. A praia é rochosa e dispõe de alguns apoios de praia (restaurantes). No de 2010, ganhou uma distinção por ser considerada “uma das 7 maravilhas naturais de Portugal”  – categorias de praias.

ONDE É O PORTINHO DA ARRÁBIDA?

Fica localizado na serra da Arrábida a 13 quilómetros da cidade de Setúbal e a 21 de Sesimbra. Se vai partir de Lisboa conte com uma viagem de 53 minutos (46 quilómetros).

COMO IR PARA O PORTINHO DA ARRÁBIDA?

Chegar à região do Portinho da Arrábida não é particularmente fácil… Mas vale bem o esforço! As indicações que se seguem têm como ponto de partida o centro da cidade de Lisboa.

DE AUTOCARRO – Há vários autocarros que fazem o transporte entre Lisboa e Setúbal. O preço do bilhete é de 4,30 euros e os horários e os pontos de partida podem ser consultados através do site dos transportes Sul do tejo. Uma vez chegado a Setúbal, pode apanhar o autocarro 723-A com destino à praia da Figueirinha. Depois prepare-se para uma bela caminhada! São sensivelmente 2 quilómetros pela estrada até chegar à praia dos Galapinhos e 5.2 quilómetros até ao Portinho da Arrábida.

DE CARRO – Se optar por ir de carro de Lisboa até ao Portinho da Arrábida, então saiba que tem de ser paciente. A primeira dificuldade é a passagem da Ponte. A ponte Vasco da Gama tem habitualmente menos trânsito mas vai significar uma distância adicional de 20 quilómetros – tendo como referência a partida do centro de Lisboa). O caminho até lá é bonito, aproveite-o mas não se distraia na condução. Algumas partes do percurso (zona da serra) são sinuosos. Uma última nota para o estacionamento do seu carro, não é fácil… Nesta zona não arrisque e não deixe o seu carro mal estacionado. A polícia é uma presença constante e a caça à multa um desporto muito praticado nesta área. Estacione nos parques pagos (3€) porque será sem dúvida a solução mais barata.

O QUE VISITAR NO PORTINHO DA ARRÁBIDA?

Antes de enumerarmos as praias, seguem-se algumas outras atrações e um mapa para se orientar!

PARQUE NATURAL DA SERRA DA ARRÁBIDA

O parque natural da Serra da Arrábida ganhou esta designação em 1976. Tem uma área de 10.000 hectares e 500 metros de altitude. A beleza do parque natural não se esgota nas praias e nas paisagens de cortar a respiração. Lá poderá também encontrar espécies animais e vegetais raras e grutas milenares.

parque natural da serra da arrábida
Parque Natural da Serra da Arrábida

MIRADOUROS

Os miradouros não estão devidamente assinalados em toda a extensão do Parque natural da Arrábida. Assim, terá que usar o seu Instinto e senso comum para encontrar os locais de onde poderá admirar as belas paisagens que a área tem para lhe oferecer. Procure este miradouro! Daqui terá uma vista privilegiada para a serra da Arrábida, para as falésias, as praias, as povoações e o imenso azul e verde das águas cristalinas.

miradouro portinho
MIRADOUROS NO PORTINHO DA ARRÁBIDA

CONVENTO DA ARRÁBIDA

O convento de nossa senhora da Arrábida fica na parte sul da Serra, virado para o oceano Atlântico. É uma construção do século XVI (1538-1539) e foi no passado um convento Franciscano. Hoje integra o parque natural da Arrábida. Do convento da Arrábida fazem parte o convento velho, o convento novo, o jardim e o santuário do bom Jesus. Antes da construção deste monumento religioso, existia a Ermida da Memória (no local onde hoje encontramos o convento velho). Na Ermida viveram em celas escavadas os primeiros 4 frades arrábidos.  Em 1834, como consequência da dissolução das ordens religiosas, todo o complexo (convento, celas e capelas) sofreram estragos e pilhagens como consequência do abandono. Em 1990, A fundação Oriente adquiriu o convento e a sua área envolvente.

PRAIAS DO PORTINHO DA ARRÁBIDA

As praias pertencentes ao Parque Natural da Serra da Arrábida são muitas e todas magníficas! Na verdade, são a grande atração da região e por esse motivo vamos agora falar de (praticamente) todas elas!
Nem todas as praias da região têm um acesso fácil. As mais acessíveis são a praia da Figueirinha e a praia do Creiro, locais onde encontrará parques de estacionamento. Durante os meses de verão, como consequência do elevado número de visitantes, a estrada entre a Praia do Portinho da Arrábida e a Figueirinha está fechada ao trânsito automóvel. Caso decida ir a pé, saiba que terá de caminhar aproximadamente 3 km para poder desfrutar das praias de Galapos e do Creiro. Pode também apanhar o autocarro caso não seja um adepto de caminhadas. Mas vamos então ao que interessa, a descrição das praias do Portinho da Arrábida e o mapa de localização das mesmas!

PRAIA DE GALAPOS

Um hino à beleza! Tem um areal pouco extenso o que pode limitar a tranquilidade de quem procura um sítio para relaxar enquanto apanha sol. Há dois restaurantes nas proximidades que podem complementar a experiência. A água é cristalina e fria.

praia de galapos
praia de galapos

PRAIA DE GALAPINHOS

Uma das mais famosas da região! A distância entre o Portinho da Arrábida e a praia dos Galapinhos é de apenas 3,2 quilómetros (apenas 4 quilómetros de carro). Em 2017, a praia de Galapinhos foi nomeada pelo site European Best Destinations, como a melhor praia do continente Europeu. Esta distinção, transformou este belíssimo areal branco de águas límpidas e esverdeadas, num local de maior visibilidade e frequência.  O areal é relativamente pequeno, uma faixa de 550 metros de comprimento por 60 metros de profundidade (até à beira-mar). Observada do topo, a praia remete-nos para um cenário idílico e perfeito para um casal num fim de semana romântico. As árvores que envolvem a praia combinam na perfeição com o verde da água, criando a moldura perfeita de uma praia de sonho. É também um lugar de eleição para quem gosta de fazer mergulho (o mar não tem ondulação). Importante realçar que a água, apesar de cristalina é… bastante fria. Prepare-se para temperaturas que normalmente variam entre os 16 e os 18 graus.

praia de galapinhos
praia de galapinhos

PRAIA DE ALBARQUEL

Uma praia magnífica com uma autêntica piscina natural de água cristalina, sem ondas e… fria. Tem diversos apoios de praia que dão muito jeito: casas de banho públicas, um restaurante com diversas opções gastronómicas e a possibilidade de alugar um chapéu de praia. É um areal bastante tranquilo até porque os carros não podem circular junto à praia.

PRAIA DE ALBARQUEL
praia de albarquel

PRAIA DA COMENDA

A praia da comenda oferece uma vista magnífica sobre Troia e o estuário do Sado. Só é possível aceder ao areal quando a maré está vazia.

praia da comenda portinho da arrábida
praia da comenda

PRAIA DA FIGUEIRINHA

A praia da Figueirinha tem um belíssimo areal! É bastante procurada e frequentado no pico do Verão. Se a praia estiver cheia, procure encontrar algum espaço nas pontas do areal. A paisagem envolvente é de grande beleza. As rochas e os seus reflexos nas águas cristalinas são um extra. Como sempre nesta zona, prepare-se para uns mergulhos magníficos e… gélidos!

praia da figueirinha
praia da figueirinha

PRAIA DOS COELHOS

É uma praia tendencialmente menos frequentada que as restantes praias da região por ter um acesso difícil. Mas atenção que, ainda assim, está longe de ser uma praia deserta… Mar calmíssimo, água transparente em tons esverdeados e um areal branco com uma areia muito fina. Um cenário idílico “abraçado” pelo verde da serra!

praia dos coelhos
praia dos coelhos

PRAIA DO MONTE BRANCO

Praia com muitas rochas que lhe emprestam uma beleza particular. Águas calmas, cristalinas e tranquilas de tom esverdeado. Um cenário deslumbrante complementado com o verde da serra e o areal branco. Perfeito para uns mergulhos num mar com poucos banhistas!  

praia do monte branco
praia do monte branco

PRAIA DO CREIRO

Mais uma praia de uma beleza de cortar a respiração. Durante a maré vazia é possível caminhar pela praia até à praia seguinte, a praia do coelho. À entrada do areal encontrará um local com vestígios arqueológicos romanos. A praia do Creiro tem zonas de estacionamento (pagos, 4 euros por dia) e apoios de praia (restaurantes e escolas de atividades náuticas).

praia do creiro
praia do creiro

PRAIA DO PORTINHO DA ARRÁBIDA

A conjugação perfeita: mar e serra num local paradisíaco! Água fria e cristalina e no horizonte uma paisagem magnifica para a Arrábida e para a ilha de Troia. Pontos menos positivos: pedras à entrada para o mar e a dificuldade no estacionamento que se encontra um pouco longe do areal. Prepare-se para uma boa caminhada que será no final largamente recompensada.

praia do portinho da arrábida
praia do portinho da arrábida

PRAIA DA RIBEIRA DO CAVALO

Uma das praias mais bonitas do país! Para lá chegar… não é nada fácil. Prepare-se para uma caminhada de cerca de 25 minutos por “caminhos de cabras”. Apesar da dificuldade do acesso, é um local bastante concorrido no pico do Verão.

PRAIA DA RIBEIRA DO CAVALO
PRAIA DA RIBEIRA DO CAVALO

A beleza infinita da praia justifica a persistência e a resistência daqueles que vencem a provação que chegar lá representa.

PRAIA DA RIBEIRA DO CAVALO
PRAIA DA RIBEIRA DO CAVALO II

PRAIA DA MIJONA

Uma praia para “profissionais” da aventura. Para lá chegar tem que ter um jipe, ou uma bicicleta BTT ou então uma condição física digna de um caminhante “profissional”. Para descer até ao pequeno areal tem trilhos estreitos e uma… corda! Uma verdadeira aventura!

praia da mijona
praia da mijona

PRAIA DO INFERNO

Mais uma praia selvagem reservada a pessoas destemidas. Trilho difícil e com alguns perigos. Nada aconselhável a pessoas com vertigens ou com qualquer dificuldade de locomoção. A descida final também se faz com uma corda… Se vencer todos os obstáculos será amplamente recompensado!

praia do inferno
praia do inferno

PRAIA DOS LAGOSTEIROS

Mais uma praia para bravos! Acesso difícil e perigoso, pouca areia e muitos calhaus. Praia deserta com uma vista belíssima. Neste local foram encontradas pegadas de dinossauros que se passearam pela praia dos lagosteiros há cerca de 150 milhões de anos. Coisa pouca…

Praia dos lagosteiros
praia dos lagosteiros

PRAIA DA FOZ

A praia da foz é um local muito tranquilo. É protegida do vento norte que por estas bandas se faz sentir demasiadas vezes. As ondas são usualmente fortes o que pode dificultar as idas à água. Não tem apoios de praia, fator que concorre para o sossego do lugar.  

praia da foz
praia da foz

QUANDO VISITAR AS PRAIAS NAS IMEDIAÇÕES DO PORTINHO DA ARRÁBIDA?

Se gosta de ir à praia e aproveitar o sol, naturalmente que os meses de Verão (Julho, Agosto e Setembro) são ideais para fazer a sua visita. Se é um apaixonado por praias desertas, vá durante a semana. De 2ª a 6ª-feira terá a praia quase em exclusivo para si! Ao fim de semana, como pode imaginar a praia é bastante procurada.

HISTÓRIA DO PORTINHO DA ARRÁBIDA

A presença do homem neste local, data do Paleolítico Inferior (entre 200.000 e 400.000 atrás). A ocupação deu-se essencialmente na serra, local onde ainda hoje se podem encontrar abrigos naturais (cavernas). Há uma gruta na Arrábida, chamada de Gruta da Figueira-brava, onde foram descobertos vestígios do homem de Neandertal (esta espécie surgiu há 400 mil anos e desapareceu há 28 mil anos). Estes vestígios remontam à época da última glaciação (de 110.000 a 10.000 anos atrás).

Na serra, há vestígios da presença humana com 4000 anos. O homem está presente nesta área desde que há registos (e memória). A ocupação romana deixou a sua marca na região especialmente junto ao rio Sado. Também os vestígios muçulmanos são possíveis de encontrar embora em menor número (em comparação com os romanos). Os moinhos de vento (localizados no topo de serras e montes) são provavelmente o vestígio mais evidente do legado árabe deixado na região (terão sido introduzidos no século VII).

gruta da figueira brava arrabida
GRUTA DA FIGUEIRA BRAVA

PORTINHO DA ARRÁBIDA – HOTEL

De entre as várias opções de alojamento existentes na área, decidimos recomendar a Casa da Adoa por ser aquele que tem a melhor relação entre preço e qualidade (de acordo com a nossa pesquisa online e de acordo com as críticas dos seus hóspedes).

CASA DA ADOA

Hotel descontraído com mais de 300 comentários no Booking e uma classificação global de 9,2 (em 10). Os comentários mais positivos referem uma atmosfera acolhedora, a simpatia do pessoal, a limpeza dos quartos e os passeios pela natureza que podem ser dadas nas proximidades. O único ponto negativo que referido relaciona-se com alguma dificuldade no estacionamento.

O QUE VISITAR PERTO DO PORTINHO DA ARRÁBIDA?

Há muito para ver e desfrutar no Portinho da Arrábida. Mas também vai gostar de saber que a apenas 20 minutos encontrará dois outros locais icónicos em Portugal: Sesimbra e Setúbal!

setúbal perto do portinho da arrábida
Setúbal

21 minutos de carro separam o Portinho da Arrábida e a cidade de Setúbal. Uma cidade que não se esgota no choco frito e que merece uma visita atenta!

Sesimbra perto do portinho da arrábida
Sesimbra

Do Portinho da Arrábida a Sesimbra são 31 minutos de carro. 17 quilómetros que o levarão a mais um lugar magnífico com uma praia de eleição.

SE GOSTOU DESTE ARTIGO, TAMBÉM VAI GOSTAR DE…

costa da caparica
COSTA DA CAPARICA
Alcácer do Sal
ALCÁCER DO SAL